Patrocinado
MERCADO

Conteúdo

Setor agropecuário mantém 356,5 mil empregos em São Paulo

feedfood

Ao longo de 2022, a empregabilidade em território brasileiro se tornou debate em diferentes setores. No caso da agropecuária paulista, relatório elaborado pelo Departamento Econômico da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo (Faesp), com base no Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged), mostra números positivos.

Segundo o levantamento, o setor atingiu 356.522 empregos ativos em novembro de 2022, alta de 0,85% sobre o mesmo período do ano anterior. No entanto, em relação a outubro/2022, houve queda de 2,2%.

“O setor agropecuário é um grande gerador de empregos e renda no Estado de São Paulo e em todo o País. Por isso, estamos preocupados que mudanças no Governo Federal causem prejuízos ao setor que possam comprometer a atividade e, consequentemente, a economia brasileira”, afirma o presidente da FAESP, Fábio de Salles Meirelles.

Neste cenário, a agropecuária paulista admitiu 25.067 (-11,83%, em comparação com o mês anterior e -38,05% sobre o mesmo período do ano anterior) trabalhadores em novembro, enquanto demitiu 33.162 (+10,39% em relação a outubro e -36,58% sobre o mesmo período de 2021), com um saldo de -8.095 vagas.

Fonte: Faesp, adaptado pela equipe Feed&Food. 

LEIA TAMBÉM:

Indicador de Preços da Tilápia chega em nova região

Copa do mundo: 70% do frango consumido no Catar é brasileiro

Exportações brasileiras de milho seguem em ritmo intenso

Patrocinado
Patrocinado