in

Senar/SC oferecerá Curso Técnico em Agronegócio

Iniciativa qualificará produtores rurais em gestão e comercialização dentro do setor

Iniciativa qualificará produtores rurais em gestão e comercialização dentro do setor

Para qualificar produtores rurais em gestão e comercialização do agronegócio, será oferecido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/SC) a promoção do Curso Técnico de Nível Médio em Agronegócio. O processo seletivo já se encontra em aberto para os polos de Araranguá, Canoinhas, São Joaquim, Seara e Fraiburgo, com a disponibilidade de 150 vagas. As inscrições vão até o dia 22 de janeiro de 2020.

Promovido por modalidade de ensino a distância, 80% das aulas serão online e 20% presenciais, durante os quatro semestres, que totalizarão a carga horária de 1.230 horas. Temas como a aplicação de técnicas criativas e inovadoras do empreendedorismo, organização e distribuição de trabalho, a economia e a ampliação dos resultados e planos e estratégias de marketing serão abordados.

De acordo com o superintendente do SENAR/SC, Gilmar Zanluchi, o curso contribui para a inserção no mercado de trabalho. “O setor do agronegócio cresce constantemente, atualmente, é o carro-chefe da economia brasileira. A grade curricular foi estruturada com a finalidade de especializar produtores rurais na execução de procedimentos de gestão e oportuniza a prática profissional por meio de visitas técnicas realizadas em propriedades, empresas e outras organizações do setor do agronegócio, sempre com a orientação e supervisão especializada de um tutor”, afirmou.

A inscrição para o processo seletivo já pode ser efetuada por meio do site do Senar, onde o interessado poderá efetivar uma única inscrição, vinculada ao número de CPF. Já nos casos dos produtores interessados, é exigido o envio do Histórico Escolar, Certificado de Conclusão do Ensino Médio, documento que comprove a atividade rural do produtor: Inscrição Estadual ou Cartão Estadual do Produtor; ou Certificado de Cadastro de Imóvel Rural CCIR ou Declaração Anual do Produtor – DAP ou Número do Imóvel na Receita Federal – NIRF; e Declaração do Sindicato Rural, em sua região de alcance, reconhecendo a atividade produtiva rural do produtor.

A lista preliminar dos candidatos selecionados para a etapa de classificação será publicada no portal eletrônico no dia 29/01/2020.

Fonte: A.I., adaptado pela equipe feed&food.

Indonésia visa manter barreiras contra o Brasil

Agroconectividade: a bola da vez