in

Senar/SC disponibiliza cursos para trabalhadores rurais

Entre os programas oferecidos está o de Assistência Técnica e Gerencial com foco na piscicultura

reprodução

O aperfeiçoamento de trabalhadores rurais é o foco principal do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Santa Catarina (Senar/SC), órgão vinculado à Federação da Agricultura e Pecuária do Estado (Faesc). Como exemplo prático disso, o centro de aprendizagem, em parceria com os Sindicatos Rurais, promove o Programa de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) com foco na piscicultura.

A iniciativa visa proporcionar o aumento da produção e fomentar a renda líquida das propriedades rurais catarinenses. Atualmente, são atendidos 6 grupos com 150 produtores de 28 municípios do Estado.

O Programa é um processo educativo que busca atender aos produtores rurais com uma metodologia fundamentada em ações de diagnóstico, planejamento, adequação tecnológica, formação profissional do produtor e análise de resultados.

RESULTADOS ATEG

A Assistência Técnica e Gerencial, com foco na piscicultura, foi iniciada no ano de 2016 e já apresenta resultados significativos para a cadeia produtiva da área em Santa Catarina. “Observamos uma produção mais qualificada e com melhoria significativa na produtividade. As orientações e o acompanhamento dos técnicos, de fato, são colocadas em prática e isso resulta em inovações no manejo, na qualidade da alimentação e da água, no desenvolvimento dos peixes, na gestão dos negócios, entre outros aspectos”, destaca a coordenadora estadual da ATeG no Estado, Paula Araújo Dias Coimbra Nunes.

O superintendente do Senar/SC, Gilmar Antônio Zanluchi, ressalta que, além de ser uma importante atividade econômica que gera trabalho e renda, o pescado é um alimento de qualidade, que pode contribuir para a segurança alimentar e saúde da população. “A ATeG cumpre muito bem seu papel e, por isso, seguiremos firmes oferecendo suporte técnico para ajudar a garantir qualidade, produtividade e renda aos piscicultores”, pontua.

O presidente do Sistema Faesc/Senar-SC, José Zeferino Pedrozo, também reforça o compromisso de seguir firme nas ações de promoção, defesa e representação dos interesses dos produtores rurais. “A assistência técnica e gerencial é uma das ações que desenvolvemos para fortalecer a cadeia produtiva, não somente da piscicultura, como das demais áreas atendidas. Estamos satisfeitos com os resultados deste importante projeto e, por isso, abrimos constantemente oportunidades para novos grupos”.

Fonte: A.I, adaptado pela equipe feed&food.

LEIA TAMBÉM:

Tereza Cristina vai ao Canadá em busca de novas oportunidades

Preço do milho sobe quase 18% após conflito europeu

Debate sobre legislação encerra XIX Congresso de ovos

Pré-abate será tema de palestra durante SBSA

Governo brasileiro oferta carne suína à República Dominicana