in

Selo Halal se destaca em território nacional

Para o CEO da SIILHalal, diferentes empresas buscam pelo selo com objetivo de passar credibilidade

reprodução

Com tantas novidades e alimentos diferenciados, agora, o selo Halal em território nacional busca reforçar, através do adesivo de confiabilidade, que tal alimento está seguro e segue todas as condições alimentares. A atividade tem ganhado força e crescido rapidamente.

O CEO da SIILHalal, Chaiboun Darwiche, destaca que os negócios da empresa caminham de forma positiva, em paralelo a todos benefícios contidos em produtos dos mais variados segmentos aptos para receber o selo SIILHalal. Isso porque, para ele, a certificação Halal é sinônimo de credibilidade para ir além. “Cada vez mais temos notado que diversas empresas de diferentes segmentos industriais aptas para receberem a certificação querem acessar o mercado Halal mundial seguindo todas as exigências da religião e normas internacionais” explica.

A atividade tem alcançado diversos segmentos e categorias industriais, entre eles produtos industrializados, in natura, químicos, cosméticos, lácteos, cereais, doces e grãos. O empresário afirma que até o fim deste ano haverá um crescimento nos negócios da empresa de até 30%. “Isso porque o mercado Halal segue um ritmo firme. Os produtos com certificação Halal cresce devido ao aumento da religião muçulmana, mas também entre os não muçulmanos por confiarem em todos os predicados contidos no selo Halal, ou seja, rastreabilidade, qualidade e segurança alimentar conforme as normas nacionais e internacionais”.

As razões que, para ele, conferem oportunidades para que mais empresas brasileiras de diferentes setores econômicos, ainda este ano, passem a acessar o mercado interno e externo com produtos certificados para um público consumidor muçulmano composto por mais de 1,8 bilhão de pessoas ao redor do mundo.

“Hoje o mercado islâmico movimenta, segundo últimos dados da The State of Islamic Economic Report, US$ 4,8 trilhões ao ano e com expectativa de crescer 18% até 2024 nos mais diversos setores: alimentos, cosméticos, fármacos, vestuários, entretenimento, turismo e serviços financeiros. Por estas razões, e pela grande procura de empresas brasileiras querendo acessar este mercado, a nossa projeção de crescimento dos negócios este ano”, analisa.

Chaiboun Darwiche acredita que pela isonomia, trabalho árduo da equipe SIILHalal e processos em linha aos critérios da Jurisprudência Islâmica e normas regulatórias dos mais diferentes países, “o selo SIILHalal a cada ano ganha mais espaço nos mercados, pois o consumidor entende que ele é sinônimo qualidade e confiança”.

Fonte: A.I, adaptado pela equipe feed&food.

LEIA TAMBÉM:

Tereza Cristina vai ao Canadá em busca de novas oportunidades

Preço do milho sobe quase 18% após conflito europeu

Debate sobre legislação encerra XIX Congresso de ovos

CONBRASUL rodrigo galli 1

Software auxilia no desempenho de granjas

Siavs contará com concurso Mérito de Pesquisa Aplicável ABPA