in

SC amplia exportações de carne suína

Estado bateu marca história em 2020, somando 479,4 mil toneladas embarcadas

Estado bateu marca história em 2020, somando 479,4 mil toneladas embarcadas

Responsável por grande parte da produção suinícola brasileira, Estado de Santa Catarina ampliou volume de embarques da proteína em 2020. Ao todo, envios já renderam a marca histórica de US$ 1 bi no ano, cerca 479,4 mil toneladas, 26,6% mais que nos 11 primeiros meses de 2019.

Como explica o Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Epagri/Cepa), com base em dados do Ministério da Economia, o Estado responde por 51% do faturamento e do volume exportado pelo Brasil em 2020. “Neste ano, mês a mês, viemos batendo recordes nas exportações. Isso é algo extremamente significativo e fruto de um trabalho muito grande feito em parceria com o setor produtivo, iniciativa privada, produtores e setor público”, destaca, em nota, o secretário da Agricultura do Estado, Ricardo de Gouvêa.

Neste cenário, só a China absorveu mais de 60% das exportações catarinenses de carne suína até novembro deste ano. As compras alcançaram US$ 670,4 milhões, 83,8% mais do que no mesmo período do ano anterior.

Ao focar apenas no mês de novembro, Santa Catarina embarcou 43,8 mil toneladas da proteína, número que apresenta uma alta de 20,9% em relação ao mesmo mês de 2019.

Fonte: Valor Econômico, adaptado pela euqipe feed&food.

Produção de queijo artesanal é foco de análise

Você sabe como atua a defesa agropecuária?