in

SBSA: Painel Ceva reúne conferencistas

Com foco em Bronquite Infecciosa, pré-evento deu início ao Simpósio de Avicultura

CEVA
REPRODUÇÃO

Antes mesmo da abertura oficial da 22ª edição do Simpósio Brasil Sul de Avicultura (SBSA), evento realizado pelo Núcleo Oeste de Médicos Veterinários e Zootecnistas-SC (Nucleovet), a Unidade de Negócios Aves da Ceva, como forma de prestigiar os profissionais da avicultura, promoveu na manhã de ontem (05/04) o painel Bronquite Infecciosa, enfermidade altamente contagiosa causadora de perdas econômicas do início ao fim da cadeia produtiva.

O Gerente de Marketing Aves Ciclo Curto da multinacional francesa, Tharley Carvalho, abriu os trabalhos dando as boas-vindas, agradecendo em nome do time Ceva a presença de todos. “Foi imensa a satisfação receber todos os colegas, amigos e clientes neste painel sobre Bronquite Infecciosa durante esta edição simbólica do SBSA marcada pela retomada das atividades presenciais depois do longo enfrentamento e dias tão difíceis gerado pela pandemia. Ainda mais em uma região considerada um dos berços da avicultura brasileira”, ressaltou.

Neste sentido, com intuito de entregar para os presentes uma programação de alto nível, a altura da cadeia produtiva e do momento atual, segmento econômico que reconhece a biosseguridade avícola como patrimônio, seguiu o evento.

“Os presentes acompanharam a visão de um time de especialistas que, a convite da Ceva, explanaram diversos aspectos, das pesquisas ao campo, sobre o controle da doença. Foi uma manhã enriquecedora e com reflexões importantes”.

Branko Alva, Diretor da Unidade de Negócios Aves, dando início ao painel, ressaltou para os presentes o modo de atuação e predicados que regem as operações da Ceva para apoiar os empresários brasileiros.

De acordo com o executivo, a Ceva é uma empresa comprometida com os desafios relacionados à saúde animal. “Somos uma empresa global compromissada em suportar e resolver os desafios nos países que mantemos operações”, destacou.

Contudo, considerou Branko, para que haja efetividade junto aos negócios dos seus clientes, uma série de ações são realizadas pela companhia. “Consideráveis investimentos e anos de pesquisa traduzem o compromisso da Ceva. Somos uma empresa com o DNA da inovação, sempre oferecendo soluções, programas e serviços exclusivos”, reforçou.

Na sequência foi a vez do Dr. Antonio Piantino, professor da Universidade de São Paulo (USP), apresentado o histórico da Bronquite Infecciosa no Brasil e em seguida Dr. Luiz Sesti, Gerente de Serviços Veterinários para América Latina Ceva, em linha às considerações do seu sucessor, apresentou o consolidado trabalho de pesquisa realizado pela empresa traduzido na Cevac IBras, vacina viva desenvolvida a partir da cepa atenuada BR do vírus da BI. “Fico feliz em poder trazer um panorama histórico da doença no país”, considerou o Dr. Antonio Piantino. “O histórico da Bronquite Infecciosa no Brasil é essencial, principalmente quando destacamos surgimentos de novos desafios e prejuízos causados pela doença”, complementou Dr. Luiz Sesti.

O público também acompanhou as considerações do Prof. Sjaak De Wit, Professor da Universidade de Utrecht (UU) na Holanda, profissional considerado autoridade no assunto; além do Dr. Vilmos Palya, Diretor de Investigação e Desenvolvimento Científico de Ceva; Dr. Jorge Chacón, Diretor de Serviços Veterinários da Ceva Aves Brasil; e Dr. Jose Lineares, Gerente de Serviços Veterinários da Ceva Aves EUA. Respectivamente eles apresentaram: as estratégias de controle da Bronquite Infecciosa; o controle da variante com maior prevalência no Brasil; medidas eficazes e modernas de segurança, tecnologias em vacinas, sua relevância, qualidade e proteção.

“Todas essas palestras mostraram o quão importante é se manter atualizado e o valor do  bom monitoramento da Bronquite Infecciosa nas granjas”, destacou Giankleber Diniz, Presidente da Ceva Brasil, que, para finalizar, agradeceu a todos salientando o principal atributo para o sucesso da multinacional em solo nacional: “A Ceva há 22 anos está presente no mercado e 21 deles no Brasil. Toda a nossa trajetória construída até aqui se deu pela contribuição de inúmeras pessoas importantes na avicultura. Agradeço a todos profundamente”.

Ao final, os participantes puderam interagir com os palestrantes em uma sessão de perguntas e respostas de alto nível, agregando ainda mais valor ao Painel Ceva de Bronquite Infecciosa.

Fonte: A.I, adaptado pela equipe feed&food.

LEIA TAMBÉM:

Tereza Cristina vai ao Canadá em busca de novas oportunidades

Preço do milho sobe quase 18% após conflito europeu

Debate sobre legislação encerra XIX Congresso de ovos

sustentabilidade

BRF foca na redução de pegada de carnobo

suinos

Produtor deve estar atento ao diagnóstico de Anemia Suína