Pesquisar
Close this search box.
Patrocinado
AVICULTURA

Conteúdo

São Paulo confirma quarto caso de influenza aviária

Defesa Agropecuária reforça ações e amplia área de atuação em vigilância
feedfood

Nesta quarta-feira (28), mais um Trinta-reis-real foi localizado com o vírus da Influenza Aviária de alta patogenicidade no Estado de São Paulo. O quarto caso foi localizado no munícipio de Guarujá. 

A partir da confirmação, São Paulo passa a ter três municípios com ocorrência da doença: Guarujá, Ubatuba e Caraguatatuba. A Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento (SAA) segue realizando o trabalho de vigilância e educação junto à população local. 

O foco no Guarujá, explica o médico-veterinário Luciano Lagatta, gerente do Grupo Especial de Atendimento às Suspeitas de Enfermidades Emergenciais (GEASE), dá indícios de que possa existir uma interação entre as diversas espécies de aves que habitam o litoral norte e a baixada santista, em especial pela proximidade com diversas ilhas e ilhotas, adotadas como ninhais por diversas espécies de aves, então não podemos descartar uma triangulação entre esses locais. “Estamos trabalhando para tentar entender essa dinâmica para mitigar os impactos na vida selvagem”, acrescenta o profissional. 

A secretaria ressalta que o consumo de carne de aves e ovos não transmite a doença. A infecção humana ocorre principalmente por contato direto com aves infectadas, portanto, aves doentes ou mortas não devem ser manipuladas sem a utilização de equipamento de proteção individual (EPI) e a Defesa Agropecuária deve ser acionada imediatamente caso ocorra alguma suspeita da doença ou identificação de aves mortas. 

Fonte: SAA, adaptado pela equipe FeedFood.

LEIA TAMBÉM:

Paraná confirma dois casos de gripe aviária em três dias

FAO atesta: carnes, ovos e leite são essenciais para saúde

Operação detecta fraude no leite em Pernambuco