in

SANPHAR ressalta benefícios da desinfecção a seco

Assunto é destaque no 5º e último módulo do #SANTalksBiosecurity

SANPHAR DR Plamen Nikolov SANTalks Biosecurity reune os principais especialistas no assunto foto divulgacao sanphar 1 1
REPRODUÇÃO

A adoção de um protocolo de manejo sanitário é o primeiro passo para uma granja com elevado nível de biosseguridade. Mas, para que o processo seja de fato eficaz é preciso estar atento a cada tomada de decisão. “A biosseguridade é uma estratégia de prevenção e consiste em procedimentos de limpeza e desinfecção e barreiras físicas, sendo esses os seus principais pilares”, pontua o especialista em biosseguridade, Dr. Plamen Nikolov, durante sua apresentação no 5º módulo do webinar #SANTalksBiosecurity, da SANPHAR Saúde Animal. Ele fez a palestra: “O que temos de novas oportunidades em biosseguridade?”

Com mais de 20 anos de experiência em biossegurança, saúde animal, segurança alimentar, assuntos regulatórios e gestão de qualidade, o especialista está atualmente na Vilofoss, como gerente técnico de desinfetante em pó e como consultor global na área de biosseguridade em granjas.

Para falar sobre os pilares da biosseguridade eficaz, o Dr. Nikolov reforça a importância da escolha do desinfetante correto para garantir que o controle de patógenos seja satisfatório. “A desinfecção a seco é uma ferramenta muito importante no sistema de biosseguridade. Os produtos são formulados para aplicação na presença de animais, têm eficácia frente a diversas bactérias, vírus, fungos e protozoário, com capacidade de se ligar à amônia, além de reduzir a umidade no ambiente aplicado”, explica.

O Dr. Nikolov destaca que o conceito de higienização a seco pode ser aplicado em propriedades de diferentes espécies animais, não apresentando toxicidade, além de não ser corrosivo para os equipamentos. “A aplicação regular deste conceito mantém a pressão de infecção baixa e evita surtos de doenças”, afirma o profissional, que orienta: “A primeira aplicação deve ser feita antes do alojamento dos animais, garantindo assim uma baixa contaminação ambiental sendo desta forma uma ferramenta importante no controle de patógenos”.

A série de webinars #SANTalksBiosecurity abordou as principais tendências e conceitos de biosseguridade, com apresentação ao mercado de forma prática e objetiva. “Iniciamos o projeto Santalks com conceitos e estrutura de um eficaz programa de biosseguridade, abordamos o impacto de falhas neste programa e oportunidades na produção de aves e suínos. Também tratamos dos aspectos epidemiológicos e da biosseguridade além da granja. O encerramento foi com tema ‘O que temos de novas oportunidades’. Agora, o desafio é implementar esse conhecimento na produção”, ressalta Paulo Bennemann, gerente técnico LATAM de suínos da SANPHAR Saúde Animal.

A gerente técnica de aves LATAM da SANPHAR Saúde Animal, Ana Caselles, enfatiza: “Durante cinco meses tivemos a contribuição de palestrantes de renome internacional e abordamos de maneira prática e aplicada os diferentes conceitos e pontos de vista de biosseguridade. Missão cumprida com sucesso. Mas isso não seria possível se não houvesse pessoas acreditando na importância deste tema”.

Em seus diferentes módulos, a série de webinars da Sanphar contou com especialistas, como o professor licenciado da UFRGS e CEO da Corb Science Solutions, Luis Gustavo Corbellini, que falou sobre a importância da compreensão do conceito de biosseguridade. “É importante que toda a sociedade esteja envolvida com a biosseguridade. O risco é inevitável e está em todo lugar. Devemos lembrar que risco zero não é uma opção”. Também participaram a dra. Masaio Mizuno, o dr. Jeroen Dewulf, o dr. Alberto Back, o dr. Gustavo Simão, o dr. Paulo Lourenço e a dra. Jalusa Deon Kich.

O coordenador de Marketing da Sanphar Saúde Animal, Everton Gardezan, valoriza o SANTalksBiosecurity: “Atraímos um público especialista e engajado durante esses cinco meses de webinars. Em todas as palestras, os especialistas compartilharam conceitos importantíssimos para a produção, o que reforça o nosso compromisso, como empresa de saúde animal, de propagar a biosseguridade”.

Fonte: A.I, adaptado pela equipe feed&food.

LEIA TAMBÉM:

Preços dos ovos apresentam recuo em São Paulo

Médico veterinário alerta sobre mastites

Palestra da JINC aborda carne cultivada

confinamento

Confinamento de gado cresce 25,8% em 2021

download

Pif Paf Alimentos recebe título por bom desempenho