Pesquisar
Close this search box.
Patrocinado
BOVINOCULTURA

Conteúdo

Rússia retira restrições à carne bovina brasileira

feedfood

Em comunicado, Rússia retira restrições à carne bovina brasileira após caso isolado de Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB) atípica no Estado do Pará. Reabertura de mercado foi oficializada na sexta-feira (07).

Como explica o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) sobre o caso, “diferentemente da forma clássica da enfermidade – conhecida como “mal da vaca louca” -, a forma atípica é de ocorrência natural e espontânea no rebanho bovino, não representa risco à saúde pública e tampouco justifica restrições à importação, conforme diretrizes da Organização Mundial de Saúde Animal (OMSA)”.

A suspensão russa ocorreu no primeiro dia do mês de março, com foco  na importação de carne bovina proveniente de animais com mais de 30 meses de idade provenientes do Pará. O país, em 2022, foi responsável pela compra de 24 mil toneladas da proteína brasileira.

“O Ministério das Relações Exteriores (MRE), por meio de sua rede de embaixadas, em conjunto com as adidâncias agrícolas do Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA) em países estratégicos, segue atuando desde a ocorrência do caso de EEB para evitar fechamentos indevidos de mercados”, afirma o MAPA.

Fonte: MAPA, adaptado pela equipe Feed&Food.

LEIA TAMBÉM:

Ecil une empresas internacionais a produtores brasileiros

Detecção precoce é foco do MAPA nas ações contra Influenza

SBSA: “Legado é o que deixamos em tempos conturbados”

Patrocinado
Patrocinado