in

Projeto “PRAVALER” marca união entre CNA e Embrapa

Ação tem como objetivo mostrar ao produtor como agregar sustentabilidade à produção

Na intenção de mostrar ao produtor, na prática, como alcançar a regularização ambiental prevista no Código Florestal Brasileiro, a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) se uniram. Juntas, as instituições lançaram, na tarde de quarta-feira (10), o projeto PRAVALER.

De acordo com a CNA, o projeto foi criado a partir da divulgação das iniciativas desenvolvidas nos dez anos do Projeto Biomas. “O objetivo foi integrar ações com os órgãos ambientais e Federações da Agricultura, buscando facilitar a adequação dos passivos ambientais e a implantação do Programa de Regularização Ambiental (PRA) nas propriedades rurais”, explica a Confederação.

Ainda como aponta a CNA, “dessa forma, o produtor se beneficiará do apoio necessário ao cumprimento do Código Florestal, associado a um possível retorno econômico”.

Vale ressaltar que, os “PRAs” são instrumentos estaduais do Código Florestal e definem, quando há necessidade, as regras de adequação dos passivos ambientais dos produtores, de acordo com o que foi validado nos respectivos Cadastros Ambientais Rurais (CAR).

 Além da CNA e da Embrapa, o PRAVALER conta com a participação do Serviço Florestal Brasileiro (SFB) e da Agência de Cooperação Alemã (GIZ). São ainda parceiros diretos os órgãos Estaduais de Meio Ambiente, as Federações Estaduais da Agricultura, os sindicatos rurais, além dos órgãos de assistência técnica rural, como replicadores.

Referente ao evento de lançamento, que ocorreu na quarta-feira (1º), participaram o presidente da CNA, João Martins, e a ministra da Agricultura, Tereza Cristina. Ocasião foi toda virtual.

Para mais informações, acesse o site da Confederação. Clique aqui.

Fonte: CNA, adaptado pela equipe feed&food.

Tectron é recertificada no Programa Feed Food Safety

notebook

Congresso Mundial de ILPF inicia processo de inscrição