in

Programa de Eficiência na Gestão de Laticínios é oferecido pela Embrapa

Iniciativa é resultado de união entre a unidade Embrapa Gado de Leite e a PUC-Minas

Atenta ao desenvolvimento do setor leiteiro, Embrapa Gado de Leite e PUC-Minas lançam, na terça-feira (1), o programa ‘TopLat – Eficiência na Gestão de Laticínios’. Iniciativa, em comemoração aos 45 anos da Embrapa Gado de Leite e ao Dia Mundial do Leite, conta com o apoio da Vivare Alimentos e do Sindicato da Indústria de Laticínios do Estado de Minas Gerais (Silemg). Lançamento será feito às 14h, no Youtube.

Segundo o chefe-geral da unidade, Paulo Martins, as empresas brasileiras têm muito a ganhar com o desenvolvimento da eficiência em gestão. No caso dos laticínios, eles possuem a excelência no trabalho técnico, mas o lado gerencial requer um apoio. “Nosso propósito é atuar sob a ótica de políticas públicas. Sabemos que existe uma oportunidade de melhoria gerencial nos laticínios, tanto no que diz respeito ao posicionamento no mercado quanto à organização interna. Por isso, estamos lançando esse projeto experimental”, enfatiza o profissional.

Neste cenário, o programa vai contar com a participação de 120 alunos do curso a distância de Administração da PUC Minas e, neste primeiro momento, 10 laticínios poderão participar. O trabalho será feito durante um semestre em dois eixos: Empreendedorismo e Negócios e Arquitetura de Negócios.

“Em relação ao primeiro, o objetivo é construir e analisar a matriz SWOT do laticínio, buscando responder as perguntas: quais são as fortalezas e fraquezas? Quais são os desafios e oportunidades de mercado que estão no seu entorno? Já sob o pilar da Arquitetura de Negócios, se buscará interpretar o processo organizacional”, explica a Embrapa Gado de Leite.

A unidade também destaca que, os alunos, “com a mentoria dos professores, analisarão o negócio e entregarão, ao final, o estudo analítico aos laticínios com as sugestões de melhorias para eficiência em gestão. A primeira turma irá trabalhar de agosto a dezembro no projeto e, a cada semestre, novos laticínios terão a oportunidade de aperfeiçoar sua gestão através do Programa TopLat”.

“Em nosso projeto pedagógico prevemos, desde o início do curso, a inserção do aluno no mercado. O agronegócio é o setor que move a economia brasileira e os cursos de administração, de forma geral, não se aprofundam nessa área. Por isso, propusemos essa parceria com o objetivo de formar nossos alunos no agro e junto com a Embrapa, entregar soluções em gestão para os laticínios”, destaca a coordenadora do curso a distância de Administração da PUC Minas, Sara Resende.

Fonte: A.I, adaptado pela equipe feedfood.

LEIA TAMBÉM:

Contínua valorização do milho afeta pecuaristas

Ourofino abre inscrições para programa de estágio

SP realiza Fórum sobre retirada da vacinação contra Febre Aftosa

Encontro AMVEAV 2021 anuncia data de realização

avicultura

Prêmio Lamas encerra ciclo de inscrições no dia 1º de junho