in

Produtores afetados pela seca receberão apoio

Linha emergencial de crédito foi aprovada

O Conselho Monetário Nacional (CMN) autorizou a criação de uma linha emergencial de crédito de custeio para plantio voltada aos produtores rurais do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina que perderam as lavouras por causa da seca. As medidas foram solicitadas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

Os benefícios serão destinados aos pequenos e médios produtores enquadrados no Pronaf e no Pronamp e que tenham comunicado perdas ao Programa de Garantia da Atividade Agropecuária (Proagro) ou acionado seguro agrícola no período de 1º de setembro de 2020 a 31 de dezembro de 2020.

Para as operações no Pronaf, o limite de financiamento é de R﹩ 50 mil e no Pronamp, de R﹩ 300 mil, com juros de 4% e 5% ao ano, respectivamente. Em ambas as modalidades, a contratação pode ser feita até 15 de fevereiro de 2021. Para ter acesso à linha, o produtor deve seguir as recomendações do zoneamento agrícola de risco climático (Zarc) para a lavoura financiada.

Os financiamentos para replantio não terão cobertura de seguro oficial, Proagro ou do Programa de Seguro Rural (PSR). Foi também flexibilizada a vistoria e análise de comprovação de perdas acima de 60%, com indenização do Proagro, e liberação imediata da área para novo plantio.

Fonte: A.I., adaptado pela equipe feed&food.

Pif Paf anuncia ampliação de portfólio

Adisseo participa de nova rodada de Fundo AgVentures II