Patrocinado
EVENTOS

Conteúdo

Produção brasileira de aves e suínos exige competitividade

feedfood

                   Wellington Torres, de São Paulo  

                Wellington@ciasullieditores.com.br 

Alinhado ao desenvolvimento produtivo, Salão Internacional de Avicultura e Suinocultura (SIAVS) inicia edição de 2022. Evento, com programação para até quinta-feira (11) ocorre em São Paulo, no Centro de Exposições do Anhembi.  

Durante a cerimônia de abertura, que contou com participação de representantes setoriais, ministros e do presidente da República, robustez nacional ganhou destaque. 

Como frisou o presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Ricardo Santin, mercado exige maior competitividade e previsibilidade. 

“O imprevisível, infelizmente, nos acompanhou nos últimos dois anos. Não apenas com a pandemia, os nossos insumos básicos – o milho e o farelo de soja – acumulam altas de mais de 100%”, analisou, ao afirmar que há uma nova realidade de custo no mundo “que indica alimentos mais caros em todo o planeta.  

Para contornar tal cenário, a ABPA propõe a criação de um sistema de informações antessipadas de exportações de cereais estratégicos para o País. O modelo já é aplicado nos Estados Unidos e na Europa. A iniciativa está em análise pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). 

         Um olhar da presidência  

Em participação especial, o presidente da República, Jair Bolsonaro, destacou a importância do mercado brasileiro de proteína animal e frisou a importância de se estar entre àqueles que abastecem o mundo.  

“É uma satisfação muito grande estar entre os que trabalham, produzem, geram empregos e nos garantem a segurança alimentar”, comemorou.  

Ao longo da apresentação, o presidente também pontuou as mudanças setoriais, os diferentes aportes oferecidos pelo atual governo e as expectativas para o próximo ano. 

Com moderação de Francisco Turra, também participaram do encontro o Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Marcos Montes, o Ministro do Meio Ambiente do Brasil, Brasília/DF, Joaquim Leite e outros.