Patrocinado
MERCADO

Conteúdo

Preços ao produtor iniciam o ano em queda

Relatório do Cepea aponta baixa de 4% em relação ao último trimestre de 2022
feedfood

O Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea-Esalq/USP) divulgou um balanço sobre os preços ao produtor agropecuário. De acordo com a pesquisa, depois de subir pouco mais de 10% em 2022, o índice iniciou 2023 em queda. 

No primeiro trimestre de 2023, o IPPA/Cepea (Índice de Preços ao Produtor de Grupos de Produtos Agropecuários) acumulou queda nominal de 8% frente ao mesmo período de 2022. Em relação ao último trimestre de 2022, a baixa foi de 4%.

Os preços industriais (IPA-OG-DI produtos industriais), da Fundação Getulio Vargas (FGV), permaneceram praticamente estáveis (+0,6%) frente ao mesmo período. No entanto, os valores internacionais dos alimentos (FAO Food Index) recuaram 11,4%, e a taxa de câmbio (R$/US$) se desvalorizou 0,8%. 

Entre o último trimestre de 2022 e o primeiro de 2023, os preços internacionais dos alimentos e a taxa de câmbio caíram 3,7% e 1,1%, respectivamente, enquanto os preços industriais mostraram estabilidade (-0,03%). 

Os pesquisadores do Cepea acreditam que o movimento de queda no Índice geral nos primeiros anos de 2023 esteve atrelado sobretudo às baixas observadas para o IPPA-Grãos/Cepea, de fortes 12,5% frente ao primeiro trimestre de 2022, reflexo dos recuos observados para algodão (-26,6%), milho (-12,3%), soja (-12,8%) e trigo (-5,1%).

Quanto ao milho, a equipe aponta que os principais fundamentos para a queda foram a elevada produção da safra verão, o clima favorável ao desenvolvimento da segunda temporada e, principalmente, a redução da demanda interna – compradores e exportadores limitaram as aquisições de novos lotes. 

Para a soja, agentes de mercado consultados pela Equipe de Grãos do Cepea indicam que a produtividade e a qualidade da safra 2022/23 estão excelentes na maior parte do País, reforçando as estimativas de produção recorde e, consequentemente, a pressão sobre os preços da oleaginosa. 

Outros Índices também recuaram entre o primeiro trimestre de 2022 e o primeiro trimestre deste ano, reforçando a retração do IPPA/Cepea no início de 2023: o IPPA-Pecuária/Cepea caiu 0,4%.

Clique aqui para acessar o relatório completo.

Fonte: Cepea, adaptado pela equipe FeedFood.

LEIA TAMBÉM:

Digitalização da pecuária: GA+Intergado agora é Ponta

MAPA no Mundo divulga ações do ministério no exterior

“Pastoreio Rotatínuo” repensa manejo de pastagem

Patrocinado
Patrocinado