Pesquisar
Close this search box.
Patrocinado
SUINOCULTURA

Conteúdo

Preço pago pela tonelada da carne suína cai 12%

O volume exportado da proteína registrou queda na quarta semana de janeiro
feedfood
Foto: reprodução

O preço pago pela tonelada da carne suína, considerando as exportações de proteína fresca, refrigerada ou congelada, referente à quarta semana de janeiro (19 dias úteis), caiu 12% na comparação com o verificado no mesmo período de 2023, conforme informou a Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Governo Federal.

O resultado obtido na receita com as exportações de carne suína, US$197.978,373, representou 77,70% do total arrecadado durante todo o mês de janeiro de 2023, em US$197.978,373. Ainda na mesma comparação, em relação ao volume embarcado, as 70.626,422 toneladas são 88,30% do total registrado no ano passado, somada a 79.983,094.

Já o faturamento por média diária no cenário do mês foi de US$8.096,385, 10% a menos que o registrado anteriormente em 2023. Por outro lado, no comparativo com a semana anterior, houve aumento de 3,5%, em relação aos US$7.820,556.

Foto: reprodução
Preço pago pela tonelada da carne suína cai 12% (Foto: reprodução)

No caso das toneladas por média diária, foram 3.717,180, com incremento de 2,2% no comparativo com o mesmo mês de 2023. Quando comparado ao resultado da semana anterior, se observa avanço de 4,09%, em relação às 3.571,040 toneladas.

Contudo, o preço pago pela tonelada, de US$2.178,098, é 12% inferior ao praticado em janeiro do último ano. O resultado, em relação aos US$2.189,993, registrado na semana anterior, representou uma leve queda de 0,54%.

Fonte: A.I, adaptado pela equipe FeedFood.

LEIA TAMBÉM:

Agenda ESG em movimento

Confiança, transparência e credibilidade

Pensando além do lucro