in ,

Preço de carne bovina segue em alta neste início de ano

As chuvas que afetam algumas cidades do País também colaboram com os valores altos

Reprodução

Em um mercado competitivo e com os preços médios da arroba bovina se mantendo acima de R$330 desde a primeira semana de janeiro, no dia 05 (quarta-feira), região de São Paulo conseguiu atingir recorde nominal, quando fechou a R$345,25.

De acordo com o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), esses preços são correspondentes “à retomada dos envios de carne bovina à China, que vem sustentando os valores da arroba”. Outro fator influente no segmento da bovinocultura são as demandas mais aquecidas por novos lotes para abater por parte dos frigoríficos, mas no momento a oferta do animal segue baixa.

Pesquisadores do Cepea indicam que, em Minas Gerais e parte de Goiás, “as frequentes chuvas nestas últimas semanas causaram enchentes e dificuldades em carregar gados” por motivo de muitas estradas estarem interrompidas. Além disso, também houveram relatos sobre cancelamento de leilões em determinadas cidades do Estado mineiro.

Fonte: Cepea, adaptado pela equipe feed&food.

LEIA TAMBÉM:

Suinocultura deve encerrar ano com bons números

Avicultura se mostra robusta em produção, exportação e consumo

FAESP comemora fim de embargo chinês à carne bovina

Levantamento indica crescente na agropecuária paulista

Grupo sobre prevenção à PSA é reforçado pela NPPC