Pesquisar
Close this search box.
Patrocinado
AVICULTURAEVENTOS

Conteúdo

Pré-abate será tema de palestra durante SBSA

feedfood

Fundamental na preparação da ave para o processo de abate, o pré-abate é tema que precisa ser continuamente discutido. Com objetivo de auxiliar produtores neste cenário, o 22° Simpósio Brasil Sul de Avicultura (SBSA) convida o engenheiro agrônomo Hirã Azevedo Gomes para falar sobre o tema. A palestra ocorrerá no dia 6 de abril, às 10h30, durante o Bloco ‘Abatedouro’.

Na fase final do ciclo de manejo das aves, os procedimentos realizados podem impactar consideravelmente no bem-estar dos animais, no rendimento, na qualidade da carcaça, na qualidade microbiológica e na rentabilidade geral da produção. Os principais aspectos no período pré-abate são o jejum, a apanha, o carregamento, o transporte e o tempo de espera no abatedouro.

Para o presidente da Comissão Científica do SBSA, Guilherme Lando Bernardo, a cadeia avícola é um setor organizado em todos os seus segmentos, desde o nascimento das aves até o abate., por isso debater sobre o tema é essencial. A palestra terá como tema “Manejo pré-abate: jejum x abate”.

“Cada fase de vida dos frangos exige cuidados. No manejo pré-abate, período que compreende desde o jejum até o tempo de espera no abatedouro, existem diversos fatores que precisam ser observados para que se obtenha uma ótima qualidade da carcaça. O palestrante trará atualizações sobre o assunto e esclarecerá dúvidas dos participantes”, destaca.

Gomes também é mestre em Produção e Nutrição Animal pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e foi extensionista, analista da qualidade, supervisor técnico fomento frangos de corte e coordenador de granjas de matrizes e avós de frangos de corte na Avipal, assim como também atuou como gerente de agropecuária na BRF.

Ficou interessado (a)? As inscrições para o 22º SBSA estão abertas. O investimento para o segundo lote, até o dia 30 de março, é de R$ 530,00 (presencial) e R$ 440,00 (virtual) para profissionais e R$ 400,00 (presencial) e R$ 340,00 (virtual) para estudantes. Após essa data e durante o evento o investimento será de R$ 600,00 (presencial) e R$ 500,00 (virtual) para profissionais e R$ 460,00 (presencial) e R$ 400,00 (virtual) para estudantes. Na compra de pacotes a partir de dez inscrições serão concedidos códigos-convites. Nessa modalidade há possibilidade de parcelamento em até três vezes. O acesso para a 13ª Poultry Fair é gratuito, tanto presencial quanto virtual, assim como para o pré-evento.

Fonte: A.I, adaptado pela equipe feed&food.

LEIA TAMBÉM:

Tereza Cristina vai ao Canadá em busca de novas oportunidades

Preço do milho sobe quase 18% após conflito europeu

Debate sobre legislação encerra XIX Congresso de ovos

Patrocinado
Patrocinado