in

Poder de compra do produtor de ovos apresenta elevação

Segundo o Cepea, ação ocorre por alta na média mensal da proteína

ovo

Devido ao cenário econômico atual, o ovo tem se destacado, pela maior acessibilidade, quando o assunto é escolha do consumidor. Neste cenário de alta na média mensal, poder de compra do avicultor, em agosto, foi elevado.

De acordo com o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP, “os preços médios dos ovos comerciais e também dos principais insumos de alimentação consumidos na avicultura de postura, milho e farelo de soja, estão mais altos nesta parcial de agosto (até o dia 20) na comparação com os de julho”.  “Porém, para a proteína, a média mensal subiu com mais intensidade, favorecendo o poder de compra de avicultores frente a esses insumos”, destaca o Cepea.

Ainda segundo o levantamento da instituição, apesar do recente recuo, as cotações da proteína subiram na primeira quinzena, impulsionadas pela baixa oferta e pela demanda firme, contexto que vêm sustentando a média mensal dos ovos.

“No mercado de milho, conforme levantamento do Cepea, os preços recuaram nos últimos dias, mas a oferta enxuta ainda sustenta a média mensal frente à de julho. Quanto ao farelo de soja, o aumento da demanda externa pelo derivado brasileiro diminuiu a oferta interna e elevou os valores”, finaliza o Cepea.

Fonte: Cepea, adaptado pela equipe feed&food.

LEIA TAMBÉM:

ACCS tem sua primeira mulher presidente

Embrapa lança plataforma on-line com foco na aquicultura

Com foco no manejo de leitões, Ceva lança Forceris®

Controle sanitário foi debatido em webinar promovido pela Sanphar