in

OCESC completa 50 anos de representação do cooperativismo

Atualmente, a OCESC conta com 251 cooperativas registradas e fomenta o constante desenvolvimento

Meio século de história. Esse é o número alcançado pela Organização das Cooperativas do Estado de Santa Catarina (OCESC) neste mês de agosto. Para marcar a data, a entidade representativa das cooperativas catarinenses fará o lançamento do livro em comemoração ao marco, além de um filme institucional com sua trajetória.

A entidade atua no registro e representação sindical patronal e representação das cooperativas de Santa Catarina, além de tratar dos assuntos de interesse das cooperativas, em todos os ramos, com instituições governamentais.

A História da OCESC

O primeiro órgão representativo do setor cooperativista catarinense foi a Associação das Cooperativas de Santa Catarina (ASCOOP), fundada em 1º de agosto de 1964, em Blumenau (SC). A estruturação legal-institucional, entretanto, ocorreu em 1971, quando o Governo Federal editou a Lei nº 5.764, de 16/12/71, que definiu a política nacional de cooperativismo e instituiu o regime político das cooperativas. Naquele ano foi criado o Conselho Nacional de Cooperativismo.

Com a mudança legislativa foi, então, constituída a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), órgão de cúpula do sistema na esfera nacional, na capital federal, e fundadas as Organizações de Cooperativas Estaduais (OCE) nas capitais das unidades federativas.

Foi então que em 28 de agosto de 1971 surgiu a OCESC para representar efetivamente o sistema cooperativo catarinense e disciplinar a criação e o registro de cooperativas singulares, cooperativas centrais e federações de cooperativas.

Na atualidade

Atualmente, a OCESC conta com 251 cooperativas registradas e fomenta o constante desenvolvimento do cooperativismo catarinense. “Para nós, é um orgulho completar meio século de história. Não podemos esquecer de agradecer a todos que contribuíram com essa trajetória, de forma profissional e com credibilidade. Mas, não paramos por aí. Ainda se tem muito a construir”, salienta o presidente da entidade, Luiz Vicente Suzin.

Desde 2011, a OCESC ocupa uma moderna e funcional sede própria com área de 1.104 metros quadrados, situada na esquina da Avenida Almirante Tamandaré e com a travessa Aroldo Pessi, no bairro de Capoeiras, em Florianópolis.

Fonte: A.I.

LEIA TAMBÉM:

ACCS tem sua primeira mulher presidente

Embrapa lança plataforma on-line com foco na aquicultura

Exportações de carne bovina chegam a US$ 1 bilhão em julho

Vetanco Brasil recebe auditoria de Certificação ISO 9001