in

Novus aborda sistemas livres de promotores

Conceito será apresentado pela empresa durante o VII Simis

Conceito será apresentado pela empresa durante o VII Simis

Os desafios do produtor frente às crescentes restrições aos promotores de crescimento nas granjas serão o tema da palestra “Sistema AGP Free na Produção de Suínos”, do gerente global de Eubióticos da Novus Int., Juan Mesonero, durante o VII Seminário Mineiro de Suinocultura na próxima semana.

O tema é central para suinocultores interessados em conhecer como funcionam os modelos de soluções integradas livres de promotores a fim de atender exigências regulatórias nacionais e internacionais, bem como  as demandas que surgem por parte dos consumidores finais brasileiros e estrangeiros.

“A readequação dos sistemas para utilização racional de antimicrobianos promotores de crescimento não é uma mera troca de produtos na nutrição. Diversos fatores impactam resultados zootécnicos, como ambiência, densidade populacional, vazio sanitário, biosseguridade e outros. Por isso, a evolução dos processos gerenciais é fundamental na potencialização dos resultados das granjas”, introduz Gustavo Carneiro, gerente de Produtos para a linha de Eubióticos e Qualidade de Rações da Novus Int.

Segundo o especialista, a Novus desenvolve com sua plataforma de eubióticos o conceito de soluções integradas. As soluções integradas envolvem aditivos com diferentes funções, como ácidos orgânicos livres ou protegidos e óleos essenciais para a ração e ácidos orgânicos para água de bebida.

“Toda a linha de eubióticos da Novus (Provenia, Next Enhance, Activate DA e Activate WD Max) possui como característica a elevada concentração dos ativos. Os aditivos atuam de forma direta e indireta na microbiota do aparelho digestivo e favorecem melhor status sanitário, maior resposta imune aos animais e maior desempenho”, explica.

Tais conceitos, vistos como alternativos no passado recente, são hoje considerados de utilização essencial nas granjas, o que explica o crescimento robusto no mercado brasileiro destes produtos.

“A Novus acredita que a transparência na informação e os trabalhos de pesquisa e desenvolvimento são diferenciais entre as soluções disponíveis no mercado. A mesma qualidade e serviço que o mercado global já reconhece nas plataformas de enzimas, minerais orgânicos e metionina, agora na linha dos eubioticos”, finaliza Gustavo.

Fonte: A.I., adaptado pela equipe feed&food.

Cargill entra em ranking de empresas inovadoras

Agroceres PIC aborda variabilidade de peso no Simis