Patrocinado
AVICULTURA

Conteúdo

Natal fomenta mercado de proteína animal

Natal fomenta mercado de proteína animal Ovos fazem parte de boa parte das receitas natalinas
feedfood

Os ovos sempre fizeram parte das tradicionais festas e comemorações das famílias brasileiras. Sejam nas famosas farofas que levam ovos cozidos, passando pelas variadas maioneses de legumes até as sobremesas que não podem faltar, como pudins, tortas doces e pavês. Agora então, nas festas de fim de ano, não é diferente. O ovo é um componente essencial nas receitas típicas do Natal e Ano Novo, além de ser usado para o preparo de ingredientes decorativos e saborosos, como os próprios fios de ovos. Devemos lembrar que, além de ser um ingrediente indispensável em algumas receitas doces e salgadas, o ovo é uma excelente fonte de importantes nutrientes: proteína de alto valor biológico (fornecendo todos os aminoácidos essenciais), vitaminas (riboflavina, vitamina E, vitamina B6, vitamina A, ácido fólico, colina, vitamina K, vitamina D e vitamina B12), minerais (zinco, cálcio, selênio, fósforo e ferro), ômega3 e compostos ativos (luteína e zeaxantina). Segundo Dra. Milena Cornacini, Nutricionista Clínica, Esportiva e Ortomolecular, Mestre e Doutora em Nutrição e Consultora Técnica da Katayama Alimentos, quando combinado com outros alimentos, o ovo não interfere na biodisponibilidade de outros nutrientes e pode ser harmonizado com demais alimentos em preparações de receitas doces e salgadas. “Mas, atenção: não devemos abusar! Equilíbrio alimentar é a chave para a saúde. O consumo de ovos deve seguir orientações individualizadas e consumir mais do que cinco ovos ao dia pode representar excesso para algumas pessoas, dependendo das necessidades nutricionais, e causar danos à saúde”, adverte a nutricionista.

Patrocinado
Patrocinado