in

Na Dinamarca, MAPA fala sobre sustentabilidade

Durante conferência, Pasta apresentou técnicas produtivas sustentáveis

REPRODUÇÃO

Em seminário chamado “A contribuição do Brasil e da Dinamarca para o Desafio da Oferta Alimentar Sustentável”, em Copenhague, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) pautou técnicas produtivas sustentáveis. Evento ocorreu na última quinta-feira (28).

A iniciativa, organizada pela Embaixada do Brasil na Dinamarca, com o apoio da Apex-Brasil, do Danish Agriculture and Food Council e do Danish Grain and Feed e contou com a participação de autoridades, empresários, investidores e acadêmicos, foi realizada às vésperas da COP26.

Para o secretário de Inovação, Desenvolvimento Regional e Irrigação da Pasta, Fernando Camargo, o mundo precisa frear o aumento da temperatura, mas conciliando com a produção de alimentos para os 2 bilhões a mais de pessoas que virão ao mundo até 2050.

“Precisamos fazer isso por meio de uma agricultura com baixíssima emissão de gases de efeito estufa, e a agricultura brasileira pode contribuir de modo decisivo para isso. O Brasil produz hoje 1 bilhão de toneladas em alimentos, fibras e bioenergia. Isso permite ao país contribuir com a alimentação de 1,5 bilhão de pessoas, enviando nossos produtos para exatos 193 países. Estamos fazendo isso com base em um processo produtivo que é descarbonizante”, contou o profissional.

Além de descarbonizar a agricultura, o País tem espaço para expandi-la sobre áreas de pastagens degradadas, sem a necessidade de desmatar os principais biomas. Nos últimos 10 anos, foram revigorados 27 milhões de hectares de pastagens e para os próximos 10 anos a meta é recuperar mais 30 milhões. 

Saiba mais informações no site oficial do Ministério. Clique aqui.

Fonte: MAPA, adaptado pela equipe feed&food.

LEIA TAMBÉM:

Preços dos ovos apresentam recuo em São Paulo

Médico veterinário alerta sobre mastites

Palestra da JINC aborda carne cultivada

Agricultura precisa de políticas de proteção e estímulo

Cobb pauta ambiência de frangos de corte