in

Mulher é contratada por mais de 30 empresas ao mesmo tempo

Royal DSM está entre empresas que participam da ação idealizada pelo Instituto Avon

Tecnologia

Royal DSM, Dow, GE, GPA, Renner, Vivo, Uber e mais importantes empresas de diferentes setores (veja abaixo a relação completa) – signatárias da Coalizão Empresarial pelo Fim da Violência Contra Mulheres e Meninas – se juntaram para anunciar a contratação da Ângela, profissional de recursos humanos, especializada em cuidar de casos de violência doméstica contra mulheres.

Trata-se de uma ação para o Dia Internacional da Mulher, coordenada pelo Instituto Avon, que reúne empresas de todo o país para chamar atenção à violência que as mulheres vem sendo submetidas e reforçar o pacto que assinaram para ampliar o enfrentamento à violência contra as mulheres e meninas.

Ângela é uma assistente virtual criada pelo Instituto Avon, com o objetivo de atuar como porta de entrada para serviços de acolhimento e apoio às vítimas de violência. O chatbot foi lançado no início da pandemia do novo Coronavírus, em resposta ao aumento dos casos de violência doméstica.
A assistente virtual já atendeu mais de 4.700 mulheres em situação de violência no Brasil todo e, respaldada por protocolos internacionais de atendimento e acolhimento, faz uma avaliação do risco e da vulnerabilidade às quais a mulher está submetida. Assim que acolhida, a atendida é direcionada a acessar recursos como plataformas de apoio psicológico e jurídico, auxílios de transporte e suporte material para alimentação, entre outros serviços.

“Fazer parte de um projeto como este é de grande estima para a DSM. Levamos muito a sério questões de violência contra a mulher e quanto mais oportunidades tivermos para auxiliá-las, certamente o faremos. As empresas precisam não apenas apoiar suas colaboradoras e mulheres no geral em uma situação delicada como a da violência, mas também direcionar, auxiliar e oferecer apoio jurídico e psicológico às vítimas”, ressalta a diretora de Pessoas & Organização da DSM, Renata Medeiros.

Daniela Grelin, diretora executiva do Instituto Avon, destaca que “Ângela foi pensada para estar ao lado das mulheres em um cenário de agravamento da violência doméstica e familiar durante a crise pandêmica. Ainda seguimos em um momento crítico, levando informação, apoio e múltiplas assistências a milhares de mulheres em situação de violência e vulnerabilidade. Neste sentido, acionamos as empresas signatárias da Coalizão Empresarial pelo Fim da Violência contra a Mulher, para nos ajudarem na ampla divulgação desse serviço que está disponível para todas as mulheres do Brasil. Assim, alavancamos o poder de inovação e impacto social das empresas para levar ferramentas eficazes às mulheres e aliados que queiram ajudar as pessoas próximas.”

A Coalizão Empresarial Pelo Fim da Violência Contra as Mulheres é um arranjo inovador entre empresas do setor privado, com o apoio da ONU Mulheres e da Fundação Dom Cabral, com o objetivo de engajar líderes em um compromisso voluntário com o fim da violência contra mulheres, e assim, proporcionar um ambiente acolhedor e seguro para todas elas.
Ângela pode ser acionada via WhatsApp no número (11) 94494-2415.
Para saber mais sobre a ação, basta acessar: www.institutoavon.org.br/angela.

Confira lista de empresas participantes:


ACCOR
GRUPO ASSERTH
B2 SAÚDE
GRUPO EUROPA
BELGO BEKAERT
HAUSBAU S.A.
BO PAPER INDÚSTRIAS DE PAPÉIS
IFF ESSÊNCIAS E FRAGRANCIAS
CARELINK
KPMG
CIRCLE
LEFOSSE
COGNIZANT
LOJAS RENNER
COSMOTEC
LOOK CHEMICALS
DANIEL ADVOGADOS
NETZA
DE VIVO CASTRO ADVOGADOS
RAIADROGASIL
DOW
RENAISSANCE SÃO PAULO HOTEL
DSM
ROCHE
EDELMAN
SABEMI
EF ENGLISH LIVE
SCHWAN COSMETICS
FUNDAÇÃO DOM CABRAL
SHIFT
GENERAL ELECTRIC
SYMRISE
GPA
UBER
GRUPO ARKEMA
VIVO

Fonte: A.I.

ABPA

“Liderança é como orquestra”, diz Sulivan Alves, primeira brasileira a coordenar Grupo do IPC

Cargill

Cargill destaca importância da mulher no agro