in

Ministra debate infraestrutura nos Emirados Árabes

Tereza Cristina também sugeriu nova visita ao Brasil

Tereza Cristina também sugeriu nova visita ao Brasil

Na última quinta-feira (19), a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) deu início a agenda de compromissos nos Emirados Árabes, último destino de sua missão no Oriente Médio. O objetivo da visita ao país é atrair investimentos para obras de infraestrutura no Brasil.

Junto ao diretor-geral da Agência de Agricultura e Segurança Alimentar de Abu Dhabi, Saeed Al Amheri, a dirigente da Pasta abordou as oportunidades dentro dos projetos do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), entre eles a Ferrogrão e a Ferrovia de Integração Oeste-Leste.

O projeto contou com a apresentação do diretor de Programa da Secretaria de Transportes do PPI, Renan Brandão, que está na comitiva brasileira ao Oriente Médio.

Durante o encontro foi sugerido por parte dos diretores da agência o Brasil envie uma lista com os projetos considerados mais exitosos. Eles demonstraram interesse também em firmar cooperações com a Embrapa, que conheceram em 2017.

Outros negócios. Brasil e os Emirados Árabes assinaram, em março, um Acordo de Cooperação e Facilitação de Investimentos (ACFI), com o objetivo de estimular, simplificar e apoiar investimentos bilaterais.

A relação também traz importantes negócios ao País. Em 2018, as exportações agropecuárias para os Emirados Árabes somaram US$ 1,273 bilhão (2,121 milhões de toneladas). Os principais produtos da pauta exportadora são: carne de frango (in natura), açúcar (bruto), carne bovina (in natura), açúcar refinado, fumo (não manufaturado) e milho. Castanhas e frutas são alguns itens que o Brasil deseja incluir no comércio bilateral. 

A ministra destacou os avanços que a agricultura dos Emirados Árabes alcançou, mesmo com clima desfavorável e pouca disponibilidade de água. As técnicas usadas e os resultados, segundo a ministra, servem de estímulo para os produtores brasileiros inovarem.

“Com muito entusiasmo [vejo as técnicas adotadas nos Emirados Árabes], me motiva mais a fazer com que os produtores brasileiros possam crescer mais, pois vemos a dificuldade de vocês com água e clima e estão avançando. No Brasil, temos muita água, solo, tecnologia, mas precisamos saber vender melhor nossos produtos”, afirma em entrevista à Agência de Notícias WAM.

Tereza Cristina destaca que, em outubro, o presidente Jair Bolsonaro visitará o Oriente Médio para reforçar as parcerias comerciais com a região. A comitiva segue para Dubai. Um dos compromissos é um seminário sobre oportunidades de negócios no Brasil, que ocorrerá no domingo (21). 

Fonte: MAPA, adaptado pela equipe feed&food.

Wisium reforça vocação inovadora em eventos

Ourofino reforça técnica para melhora de prenhez