in

Ministra acompanha missão na Amazônia Ocidental

Iniciativa tem como objetivo apresentar ações que o governo federal está realizando para o desenvolvimento sustentável da região

Pertencente à programação organizada pelo vice-presidente Hamilton Mourão por meio do Conselho Nacional da Amazônia Legal, a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) Tereza Cristina acompanha diplomatas em viagem à Amazônia Ocidental. Ação ocorrerá até o dia 6 de novembro.

De acordo com a cobertura realizada pelo MAPA, a iniciativa tem como objetivo mostrar ações que o governo federal está realizando para o desenvolvimento sustentável da região. “Os diplomatas irão visitar as cidades de Manaus, São Gabriel da Cachoeira e Maturacá – todas no Estado do Amazonas –, até o dia 6 de novembro”, pontuou o texto.

Para a ministra, a missão será uma oportunidade para os diplomatas conhecerem iniciativas bem-sucedidas. “Temos problemas, mas também temos muitas coisas boas em termos de sustentabilidade para mostrar para o mundo”, contou, reforçando a questão da diversidade do bioma, que reúne 22 tipos de vegetação.  

Uma das iniciativas comentadas é o Projeto Integrado de Colonização (PIC) Bela Vista, coordenado pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), e que será apresentado pela ministra nesta quinta-feira (5). Localizado em Manaus, o projeto abriga famílias assentadas em uma área de aproximadamente 785 mil hectares, ocupada desde 1971. Atualmente, dos 1.311 lotes georreferenciados, 446 já receberam o título definitivo, sendo 97% constituídos por pequenas propriedades (inferiores a 400 hectares).

Durante a missão, também está prevista a participação dos seguintes chefes de missões diplomáticas: África do Sul, Espanha, Peru, Colômbia, Canadá, Suécia, Alemanha, Organização do Tratado de Cooperação Amazônica (OTCA), União Europeia, Reino Unido, França e Portugal.

Saiba mais no site oficial do MAPA, clicando aqui.

Fonte: MAPA, adaptado pela equipe feed&food.

Personalização é diferencial das vacinas autógenas

Plano ABC apresenta bons índices