in ,

Medicina veterinária abrange mais de 80 áreas de atuação

Atuação de profissionais na indústria é crescente no mercado

Gabriela Salazar, de casa

[email protected]

Quando falamos em medicina veterinária é natural que o pensamento se volte inicialmente para a saúde animal, mas, a atuação destes profissionais vem se mostrando cada dia mais ampla. Da gestão de grandes empresas à lida diária no campo, a Medicina Veterinária abrange mais de 80 áreas, segundo o Conselho Regional de Medicina Veterinária.

Regulamentada a mais de meio século no Brasil, a profissão se mostra um campo de oportunidades para quem busca pelo curso. Apesar de boa parte dos interessados em exercer essa profissão buscar a formação tendo em mente a parte clínica, seja de pets ou grandes animais, no decorrer do curso encontram oportunidades de atuação em diversas áreas.

Neste dia 09 de setembro, data em que se celebra o Dia do Médico Veterinário, a feed&food conversou com o coordenador do curso de medicina veterinária da Universidade de Marília (Unimar) e com o vice-presidente do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo (CRMV-SP), Fábio Manhoso, sobre as oportunidades do mercado de Medicina Veterinária dentro da indústria.

Fábio Fernando Ribeiro Manhoso graduou-se em Medicina Veterinária na Universidade onde hoje atua como coordenador do curso (Foto: reprodução)

“Preparamos o profissional para estar inserido na indústria em vários anglos, seja na indústria farmacêutica, de nutrição, nos frigoríficos, no controle de resíduo solido. Nós não temos que criar disciplinas para a indústria e sim fazer isso de uma forma transversal, para que o profissional esteja pronto para ser o gerente geral,  responsável técnico ou do controle de qualidade dentro da empresa”, explica Fábio Manhoso sobre a amplitude da formação dos médicos-veterinários.

A condução do curso de forma ampla é uma determinação do próprio Ministério da Educação (MEC), como salienta Manhoso, mas, não poderia ser de outra maneira, já que a profissão abre oportunidade de atuação em diversas áreas. “O curso dá uma semente para que o aluno possa buscar com segurança a sua especialização”.

Atualmente, a estimativa do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) é de que mais de 30 mil profissionais atuem diretamente na indústria. O número, no entanto, não é preciso, justamente pela vasta atuação profissional. Em resposta a feed&food, a assessoria do CFMV pontua que o número de médicos-veterinários que montante deve crescer ainda mais. Veja o que diz a entidade:

“O médico-veterinário é o profissional competente para atestar e garantir a qualidade dos produtos de origem animal consumidos pela sociedade. E as carnes bovina e suína, o frango, o peixe, o ovo, o queijo, o salame, o mel, todos são produtos que, lá na sua origem, são inspecionados e fiscalizados por médicos-veterinários. Eles garantem os cuidados com a saúde dos animais, desde a alimentação, a vacinação e tratamentos para, na ponta, termos produtos de origem animal de boa qualidade aptos ao consumo humano. E com a vocação que o Brasil tem para o agronegócio, este segmento vai se expandir cada vez mais para atender as necessidades de alimento do mundo”.

Somente em 2020, o Sistema CFMV/CRMVs teve 12.839 novas inscrições de médicos-veterinários, em 2021, até o momento, são 12.105 novas inscrições.

Nós notamos que realmente muitos alunos não vão para área clínica e sim para a produção e vão para a área de alimentos, nutrição, indústria farmacêutica, indústria de rações”, explica Fábio. O coordenador relata que logo no início do curso, a orientação por parte dos discentes é para os alunos olhem a atividade de um modo geral e que não se fechem para uma atuação especifica.

“O ensino é transversal, por exemplo, quando falamos de farmacologia, já estamos entrando no assunto indústria. A própria farmacologia pode estar inserida na indústria, assim como as disciplinas de nutrição de monogástricos e ruminantes. Atualmente temos disciplina de gestão e de marketing voltada para o veterinário, economia rural, dentre outras”, comenta.

Arte: f&f

Dentro do agronegócio, o que não falta são exemplos de profissionais que se dedicam diariamente para a expansão da atividade. Nosso muito obrigada a todos os médicos-veterinários que, de a ponta a ponta, ajudam a construir um mundo mais saudável.

BOVINOCULTURA

Conexão Delta G lança Sumário de touros 2021/2022

Boehringer Ingelheim e Biogénesis Bagó anunciam negociação