Pesquisar
Close this search box.
Patrocinado
MERCADO

Conteúdo

JBS promove intercâmbio de trabalhadores  

Programa JBS Sem Fronteiras levará 1,5 mil colaboradores do Brasil para trabalhar na Austrália 
feedfood

Em nova edição, programa JBS Sem Fronteiras leva colaboradores do Brasil para trabalhar nas operações da companhia no exterior. Ao todo, são mais de 1,5 mil oportunidades em diversas funções nas áreas produtivas e administrativas na JBS Australia.  

Como destaca a companhia, o Instituto J&F, centro de educação para os negócios do grupo J&F, promove capacitação em idiomas e oferece curso de inglês para os participantes do programa. Os colaboradores selecionados estão embarcam para o território australiano entre abril e dezembro deste ano. 

“Somos uma companhia global, com uma cultura sólida e com o foco de ter as pessoas certas nos lugares certos. Temos como missão gerar oportunidades de um futuro melhor a todos os nossos colaboradores e, por isso, acreditamos tanto no JBS Sem Fronteiras”, explica o diretor-executivo de Recursos Humanos da JBS Brasil, Fernando Meller.  

Para participar da nova edição do programa, os candidatos interessados precisam ter Ensino Fundamental completo, ser colaborador da JBS há, pelo menos, 12 meses e ter, no mínimo, dois anos de experiência. Os aprovados no processo recebem todo o suporte da JBS para a mudança de país, obtendo auxílio no processo do visto, compra de passagem, documentação e contrato de trabalho. 

“Estamos felizes por poder proporcionar aos nossos colaboradores a oportunidade de se desenvolver e, desta forma, contribuírem cada vez mais para o crescimento da nossa empresa e a disseminação e fortalecimento da nossa cultura”, destaca Meller. 

No Brasil, a JBS conta com mais de 140 mil colaboradores e está presente em mais de 20 estados – globalmente, a força de trabalho soma 260 mil profissionais em 24 países. Na Australia, uma das principais operações da JBS no mundo, respondendo por 9% da receita líquida global da companhia e contando com mais de 14 mil colaboradores, ela opera desde 2007, quando realizou a compra da empresa de bovinos Australia Meat Holdings.  

Fonte: A.I, adaptado pela equipe FeedFood.

LEIA TAMBÉM:

Paraná confirma dois casos de gripe aviária em três dias

FAO atesta: carnes, ovos e leite são essenciais para saúde

Operação detecta fraude no leite em Pernambuco