in

JBS e Royal DSM se unem para reduzir emissão de carbono

Companhia e empresa firmaram parceria com uso de suplemento alimentar bovino

Em meio a acordo que visa reduzir em 30% as emissões de metano até 2030, JBS e Royal DSM firmam parceria para implementar projeto com a meta de reduzir a emissão de metano entérico bovino em escala mundial. Acordo foi assinado na COP26, em Glasgow, na Escócia.

Com a iniciativa, companhia de alimento utilizará um suplemento nutricional desenvolvido pela DSM para melhorar consideravelmente a pegada de gases de efeito estufa na cadeia de valor da produção de carne bovina.

O suplemento nutricional, batizado de Bovaer, será fornecido para bovinos confinados. Depois de 6 meses, os testes serão expandidos para um segundo mercado, que pode ser a Austrália ou os Estados Unidos, duas das maiores operações da JBS no mundo. Produto é adicionado à alimentação dos animais, com potencial de reduzir em até 90% as emissões entéricas de metano.

De acordo com a DSM, o desenvolvimento do suplemento transcorreu por mais de 10 anos, por meio de 45 testes de longa duração em fazendas, em 13 países espalhados por 4 continentes, o que resultou em mais de 48 estudos publicados em revistas científicas independentes. No início de setembro de 2021, o Brasil foi o 1º mercado a conceder a aprovação regulatória total para o Bovaer.

“Agora podemos realmente começar a criar um impacto no Brasil, o que é uma notícia empolgante, principalmente no contexto da COP26, onde a importância de uma ação climática rápida por meio da redução das emissões de metano é enfatizada novamente”, afirmou o Co-CEO e membro do Conselho de Administração da Royal DSM, Dimitri de Vreeze.

Para o CEO Global da JBS, Gilberto Tomazoni, “a estratégia de negócios da JBS é a sustentabilidade. Estamos desenvolvendo um grande plano de ação para a redução de toda a pegada de carbono da Companhia, e essa parceria com a DSM vai contribuir não só com nossos planos, mas com todo o setor nesta complexa questão das emissões de metano”.

Para alcançar a meta em escala global, a JBS e a DSM definiram um plano para desenvolver, construir e testar o suplemento nas operações da JBS. O planejamento contempla o desenvolvimento de metodologias para criar ferramentas de avaliação ao longo de todo o ciclo da cadeia da JBS, com a participação técnica de instituições acadêmicas e de pesquisa.

Fonte: Poder 360, adaptado pela equipe feed&food.

LEIA TAMBÉM:

Preços dos ovos apresentam recuo em São Paulo

Médico veterinário alerta sobre mastites

Palestra da JINC aborda carne cultivada

PODCAST

Podcast aborda biossegurança no mercado de ovos

Agroceres PIC e Cooperativa A1 investem em inovação