Patrocinado
AVICULTURA

Conteúdo

Japão retira suspensão de produtos avícolas de Santa Catarina

Medida havia sido efetuada em julho devido a um caso de H5N1 em ave de subsistência
feedfood

O Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA) anunciou que o governo japonês retirou a suspensão para a compra de ovos, carne de frango e seus subprodutos comercializados produzidos em Santa Catarina. 

A medida vale a partir da última sexta-feira (18). A suspensão temporária ocorreu em 17 julho, após o Estado confirmar um foco de gripe aviária no município de Maracajá, em ave de subsistência.

Apesar do Brasil continuar livre da influenza aviária de alta patogenicidade (IAAP) em granjas comerciais, conforme protocolo da Organização Mundial de Saúde Animal (OMSA), há um protocolo acordado com o Japão de suspensão temporária em que se faz necessário aguardar um prazo de 28 dias em que são feitas análises pelas autoridades japonesas para que o mercado seja reaberto.

O Brasil é líder nas exportações de frango para o mundo, respondendo por 35% do mercado global. E o estado de Santa Catarina é o segundo maior produtor e exportador de carne de frango do País, tendo exportado ao país asiático cerca de US$ 310,8 milhões.

O MAPA ressalta à população que a gripe aviária não é transmitida pelo consumo de carne de aves e nem de ovos.

Fonte: MAPA, adaptado pela equipe Feed&Food.

LEIA TAMBÉM:

Pecuária brasileira enfrenta momento ímpar

Pesquisa visa traçar perfil feminino no agronegócio brasileiro

Fast-food sustentável: Mantiqueira e Arcos Dorados retomam parceria