in

Integração derruba barreiras entre consumidor, indústria e produtor

Ações transparecem o processo de produção dos alimentos e criam vínculos

Ações transparecem o processo de produção dos alimentos e criam vínculos

Natália Ponse, da redação

[email protected]

Rapidez e agilidade combinadas a dinamismo e conveniência tornam a internet um mundo ágil. A era digital difundiu uma nova forma de comunicação, levando conhecimento a inúmeros pontos antes nunca mensurados ou conhecidos. Prova disso é a maior conexão entre o meio produtivo e o consumidor. De acordo com o coordenador Técnico de Inovação Tecnológica do Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL), Raul Amaral (foto lateral), existe nas pessoas, atualmente, a necessidade de buscar aceitação e mostrar a sua intimidade para o mundo em geral.

Mas não para por aí. Segundo o especialista, outros dois pontos também podem ser observados. “As pessoas estão buscando por uma nova compreensão do mundo em que estão, entendendo daquilo que elas consomem, como é produzido e em que condições”, explica. Além disso, também há a necessidade de participar e intervir nesse processo, “naquilo que considerem não muito adequados para sua existência, procurando saber o que está sendo oferecido”, complementa Amaral.  

De olhos abertos para esta questão, as marcas já começaram a elaborar estratégias para andar de mãos dadas com esse público. A Friboi, marca da brasileira JBS (São Paulo/SP), lançou em abril de 2016 a Academia da Carne. Uma plataforma digital especializada em carne bovina, com conteúdos que englobam desde fundamentos, como tipos de cortes e receitas, até cursos em vídeo, dicas de chefs e uma rede social própria.

A parceria com a TV Globo levou ao portal as dicas da apresentadora Ana Maria Braga e dos chefs Olivier Anquier e Guga Rocha, apresentados como “embaixadores” do projeto. São mais de 300 conteúdos, entre vídeos, matérias e infográficos produzidos pela área de Comercialização de Mídias Digitais da Globo. Uma plataforma interativa, que procura estreitar a relação com o consumidor por meio da navegação em celulares e smartphones, as principais janelas de comunicação da atualidade. “Até então o nosso foco era no consumidor no ciclo que terminava no balcão de compra dos supermercados e açougues. Queremos cuidar agora dessa segunda etapa do ciclo, que envolve a preparação e o consumo da carne”, explicou a gerente-executiva da Divisão de Carnes da JBS e responsável pela criação da plataforma, Maria Eugênia Rocha.

Outra marca da JBS também apostou neste tipo de interação de forma mais aprofundada e, desta vez, tendo como principal pauta a carne de frango. A Seara (São Paulo/SP) lançou no início de junho a plataforma digital “Hoje Tem Frango”. O objetivo é levar ao consumidor as informações sobre o processo de produção da carne de frango, desde sua origem, os processos, suas variedades, dicas de preparo e receitas com especialistas. “É uma oportunidade de abrirmos a porta de todo nosso processo produtivo, desde o campo até a mesa do consumidor”, confirma a gerente Executiva de marketing da empresa, Marcelli Ganzaroli.

A plataforma está dividida em cinco sessões interativas: “Do campo à mesa”, onde é mostrado todo o processo produtivo para o consumidor; “Mitos & Verdades”, que conta com a participação do ator e apresentador Rodrigo Faro para desmistificar os boatos sobre a carne de frango; “Dicas e Receitas”, com a participação do chef Alex Atala e da embaixadora da marca, a apresentadora Fátima Bernardes; “Especialistas”, que reúne informações de todos os especialistas e parceiros que compõe o grupo; além de uma categoria destinada a toda a linha de frangos da marca.

A reconhecida importância da atividade não está somente na comunicação porteira afora, mas também porteira adentro, envolvendo do início ao fim da cadeia. E, os olhos do mercado geral voltados ao produtor rural não é um movimento tão recente. Em fevereiro de 2013, foi veiculado o comercial da caminhonete Dodge Ram no intervalo considerado “o mais caro do mundo”: o do Super Bowl, evento esportivo que marca a final do campeonato de futebol americano dos EUA. O vídeo de dois minutos é narrado por Paul Harvey, que fez um discurso chamado “Deus criou o produtor rural” em 1978, em um evento da organização Future Farmers of America. O texto exalta as situações do dia-a-dia deste profissional, trabalhando no campo, cuidando de animais e até mesmo jantando com a família. Assista o comercial no player abaixo:

A Volkswagen do Brasil (São Bernardo do Campo/SP) lançou em maio deste ano o novo comercial da caminhonete Saveiro, também reforçando o valor do produtor. O vídeo chamado “Doutor” mostra a conexão que um filho sente pelo pai, produtor rural, em especial por sua profissão. O garoto conta que o seu pai espera que ele seja “doutor”. Refletindo sobre o fato enquanto os dois passam por paisagens do campo, carregando sacas de cereais e cestas de legumes, o menino diz que terá que estudar muito para alcançar este objetivo. Chegando a um estabelecimento, a criança se vê reconfortada ao ouvir um dos clientes de seu pai questioná-lo “É só isso, doutor?”, e o abraça calorosamente.

As campanhas são prova de que a produção de alimentos já não se encontra tão distante do consumidor final, que não só tem as ferramentas para saber mais sobre estes processos, como faz questão de utilizá-las, valorizando as ações de marcas que enxergam esse potencial informativo.

A realidade do abate animal no dia a dia da produção

Abate de animais de produção no Brasil deve seguir regras de bem-estar