Pesquisar
Close this search box.
Patrocinado
BOVINOCULTURA

Conteúdo

Iniciativa reúne Brasil e EUA para falar de sustentabilidade

Semelhança da pecuária praticada no Sul e na Flórida é justificativa para encontro
feedfood

Nesta segunda-feira (18), um encontro entre a Embrapa, o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) e a Universidade da Flórida (UF) vai discutir estratégias de pesquisa em parceria visando a sustentabilidade da agropecuária nos dois países.

O encontro em Bagé (RS), na sede da Embrapa Pecuária Sul, nasceu das semelhanças entre a atividade no Estado da Flórida e o Rio Grande do Sul, ambos baseados em pastagens. Nesse sentido, esforços de pesquisa conjuntos podem gerar resultados comuns.

O objetivo da iniciativa é promover a cooperação entre as instituições brasileiras e norte-americanas em torno de temas de interesse mútuo, envolvendo estudos relacionados à adaptação às mudanças climáticas e à mitigação das emissões de gases de efeito estufa (GEE) na pecuária, por meio do desenvolvimento de práticas agrícolas sustentáveis que sejam viáveis no Brasil e nos EUA.

Entre as estratégias que serão debatidas está a redução da dependência agrícola por fertilizantes, com foco tanto no desenvolvimento de produtos menos agressivos ao ambiente, como em processos de aumento do uso eficiente de nutrientes do solo usado na agropecuária. 

Estudos neste sentido já estão sendo desenvolvidos através de colaboração entre a Embrapa, a Universidade da Flórida, o Serviço de Pesquisa do USDA e o Centro Internacional de Desenvolvimento de Fertilizantes (IFDC). O projeto, intitulado Fertilize for Life (F4L), deve contar, inclusive, com financiamento do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) e outras agências americanas.

Com o encontro, espera-se a formação de um plano de trabalho para colaboração em pesquisa (projetos conjuntos, intercâmbio de pesquisadores e estudantes, eventos internacionais conjuntos) entre Embrapa e Universidade da Flórida.

O público do evento é restrito a convidados e conta com a presença de pesquisadores, professores, cientistas, representantes das Unidades da Embrapa, das Universidades e de outros órgãos governamentais federais, estaduais e municipais, além de lideranças empresariais, jornalistas, órgãos de imprensa e outros grupos interessados no tema. 

Fonte: Embrapa, adaptado pela equipe FeedFood.

LEIA TAMBÉM:

Feedlot Summit destaca estratégias para o crescimento da pecuária de corte

Engajamento pode impulsionar rastreabilidade na pecuária

Brasil eleva em 381,6% as exportações de ovos em agosto

Patrocinado
Patrocinado