Pesquisar
Close this search box.
Patrocinado
SUINOCULTURA

Conteúdo

Guia Valor Máximo de Carcaça é lançado pela Agroceres PIC

Publicação agrupa a síntese das melhores metodologias, avaliações, procedimentos e orientações técnicas para otimizar o valor total da carcaça e a qualidade final da carne suína nas plantas frigoríficas.
feedfood

A Agroceres PIC acaba de lançar no mercado brasileiro o Guia Valor Máximo de Carcaça. Elaborado pela equipe técnica da Agroceres PIC, com o apoio da equipe de Ciência Aplicada de Carne da PIC, o guia reúne e sumariza uma série de metodologias, avaliações, procedimentos e orientações técnicas, cuidadosamente organizados, para oferecer um amplo suporte de recomendações para otimizar o valor da carcaça e a qualidade da carne suína.

De caráter científico e com foco na indústria, a publicação também discute conceitos e sistematiza conhecimento, fornecendo informações atualizadas sobre o valor total da carcaça e recomendações para gerenciá-lo. Estão compilados no guia não apenas os fundamentos clássicos, mas também as últimas descobertas científicas e orientações para sua aplicação prática nas plantas frigoríficas.

“O Guia Valor Máximo de Carcaça foi criado com o propósito de auxiliar a cadeia suinícola a produzir com elevado nível de qualidade. Estão compilados na publicação a síntese dos melhores conhecimentos, tecnologias, e práticas de manejo utilizados pela indústria global para maximizar o valor total da carcaça e a qualidade final da carne suína”, explica Gustavo Lima, Supervisor de Serviços Técnicos e de Validação de Produtos da Agroceres PIC. “Esperamos, com o guia, disponibilizar conhecimento avançado e o que há de mais atual em termos de produção e processamento de carne suína, contribuindo para que a indústria alcance novos patamares de excelência”, conclui.

Lançamento oficial

O guia Valor Máximo de Carcaça foi lançado no dia 23/10, em uma web conference que reuniu cerca de 150 pessoas, entre produtores, técnicos e representantes das principais agroindústrias brasileiras.

Com uma programação de peso, que discutiu temas díspares – como as demandas do consumidor moderno e suas implicações no mercado global de carnes, os avanços tecnológicos e os principais pontos de auditoria de plantas frigoríficas, além de apresentar um estudo de caso brasileiros sobre os impactos dos manejos pré-abate na qualidade da carne suína – o workshop contou com a participação de Brandon Fields e Clay Eastwood, da equipe de Ciência Aplicada de Carne da PIC, e do time de Serviços Técnicos da Agroceres PIC.

Obtenha o guia

Valor Máximo de Carcaça Agroceres PIC já está disponível e pode ser solicitado junto à equipe da Agroceres PIC.

Fonte: A,I, adaptado pela equipe FeedFood.

LEIA TAMBÉM:

PIB do agro tem avanço acumulado de 0,5% em 2023

Ações brasileiras são destaque nas Conferências da FAO

Uso de tanino reduz emissão de GEE em 17% na pecuária

Patrocinado
Patrocinado