Pesquisar
Close this search box.
Patrocinado
MERCADOSUINOCULTURA

Conteúdo

Governo brasileiro oferta carne suína à República Dominicana

feedfood
Foto: reprodução

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), com o apoio da embaixada do Brasil em Santo Domingo, realizou um evento, na última semana, focado nas tratativas para abertura de mercado na República Dominicana com foco na carne suína nacional. A reunião também discutiu a ampliação do número de estabelecimentos de aves habilitados a exportar para o país, assim como também levantou a abertura para o material genético de aves.

A iniciativa, que também contou com a parceria dos ministérios das Relações Exteriores e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil) e da Câmara de Comércio Domínico Brasileira, teve como propósito reforçar os diferenciais do Brasil como fornecedor confiável de proteína animal para o país caribenho.

De acordo com o diretor de mercados da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Luís Rua, o evento teve como objetivo reforçar laços com importadores, stakeholders e lideranças locais. O país, atualmente, sofre os severos impactos gerados pelas ocorrências de Peste Suína Africana e com dificuldades de fornecimento em função da menor disponibilidade de produtos importados de fornecedores tradicionais.

“A República Dominicana vem se consolidando nestes últimos anos como um importante parceiro comercial do Brasil no comércio de carne de aves. Estamos disponíveis para auxiliar o país em outras proteínas também. A ação realizada foi um sucesso e esperamos que possa se reverter em bons negócios para ambas as partes”, destacou o diretor.

Durante o evento, Rua, juntamente com outras personalidades importantes do Brasil, apresentaram fatores competitivos, como o status sanitário e a capacidade de fornecimento do País, o quarto maior produtor e exportador de carne suína do mundo. Também reiterou que a suinocultura brasileira pode colaborar com a segurança alimentar dominicana, complementando a demanda local por produtos.  

Além de Rua, também esteve presente durante a missão brasileira na República Dominicana, a analista de promoção comercial e representante da ABPA, Nayara Dalmolin.

Fonte: A.I, adaptado pela equipe feed&food.

LEIA TAMBÉM:

Tereza Cristina vai ao Canadá em busca de novas oportunidades

Preço do milho sobe quase 18% após conflito europeu

Debate sobre legislação encerra XIX Congresso de ovos

Patrocinado
Patrocinado