Patrocinado
BOVINOCULTURA

Conteúdo

GA+Intergado eleva inteligência na jornada do boi

Após um ano de fusão, uma nova marca será apresentada durante Encontro de Confinamento e Recriadores da Scot Consultoria
feedfood

Wellington Torres, da redação

wellington@ciasullieditores.com.br

De ponta a ponta, essa é forma de trabalho que define a fusão entre GA e Intergado ao abarcar a pecuária brasileira da pesquisa à produção. A iniciativa, que ao decorrer de mais de um ano de seu início amplia a oferta de tecnologia dentro e fora do País, anuncia próxima etapa: o lançamento de uma nova marca.

Com data marcada para o dia 12 de abril, a mudança tem como objetivo reafirmar ao mercado o compromisso com a conexão entre todas as atividades que compõem a bovinocultura.  A ação ocorrerá durante participação no Encontro de Confinamento e Recriadores, realizado pela Scot Consultoria, em Ribeirão Preto (SP).

“Acreditamos no que estamos fazendo, propostos a impactar a pecuária como um todo. Isso não é uma utopia, e sim uma visão nossa que já está em prática”, conta o CEO da companhia, Paulo Dias, ao afirmar que, antes da fusão, as empresas “remavam em paralelo” e agora se complementam.

A nova marca, como explica o também zootecnista, mestre em Produção Animal pela UNESP, Corporate Performance Management (CPM/FGV) e especialista em gestão pecuária de alta performance, consolida a integração entre inteligência de gestão e de precisão com um amplo portfólio de tecnologias de ponta presentes em pesquisa, genética e produção, o que possibilita, de fato, atender toda a cadeia produtiva.

“Quando falamos de pecuária, é importante sempre lembrar que ela é composta por diferentes atividades, sendo assim, gerar e analisar informações de qualidade em todas as frentes é essencial para a eficiência dos negócios”, afirma Paulo.

Neste cenário, com mais de 14 soluções, a nova marca herda da Intergado o conhecimento científico e a experiência no desenvolvimento de tecnologias para pesquisa e genética e, da GA, conhecimento técnico e vivência da realidade do campo na produção a pasto, no confinamento e na rastreabilidade.

A companhia é responsável pela gestão de mais de R$ 22 bilhões em ativos (Foto: GA+Intergado)

Pela precisão na jornada do boi, um trabalho de excelência

Ao contar com uma plataforma de soluções para cada atividade e por entender as necessidades específicas de cada produtor, é possível compreender os gargalos e gerar informações de valor, movimento que, segundo o médico-veterinário e líder de Estratégia da companhia, Marcelo Ribas, “é como colocar pesquisadores, criadores e produtores na mesma mesa para compartilhar experiências e gerar conhecimento para todos crescerem juntos”.

Como exemplo prático, em pesquisa, o portfólio conta com tecnologia baseada em IoT – associada à equipamentos, softwares e algoritmos. Ela possibilita a avaliação do comportamento ingestivo dos animais, medindo com precisão o consumo de água e de alimentos, além de permitir aos pesquisadores compreender os impactos do ambiente no seu desempenho.

“Gerar informações de qualidade é essencial”, afirma o CEO Paulo Dias (Foto: GA+Intergado)

Em genética, a tecnologia de automatização das provas de Eficiência Alimentar aumenta a acurácia dos resultados e reduz a duração da avaliação, o que permite aos criadores e programas de melhoramento genético ampliar o número de animais testados.

Já nas produções comerciais extensiva e intensiva, a tecnologia transforma a maneira de gerenciar o rebanho, que permite o monitoramento e coleta individual de dados do animal ao longo da vida. Na prática, possibilita medir o desempenho em cada fase do ciclo produtivo, além de gerenciar processos e indicadores produtivos e financeiros, medindo a eficiência da operação e do animal.

“Trabalhamos com o mercado todo, sejam produtores, frigoríficos, empresas de nutrição ou sanidade, consultores pecuários e de negócio. O nosso foco é informação: podemos agregar valor para todos”, destaca Paulo. “Nossa grande ideia é linkar essas informações na cadeia toda, mas também conseguir melhorar a qualidade de vida de todos que tocam os nossos produtos em sentido de usabilidade, traduzindo-as corretamente na hora da tomada de decisão”, complementa.

Como prova cabal da eficiência da proposta, a companhia, além de atender 68% do mercado de confinamento nacional (cerca de 3,6 milhões de cabeças), também segue em forte expansão no mercado internacional, com atuação em nove países, exportando à América Latina, do Norte e Central, Europa, Ásia e Oceania.

Para o líder de Estratégia, empresa pode atender todos os elos da bovinocultura (Foto: GA+Intergado)

Atualmente, a GA+Intergado é responsável pela gestão de mais de R$ 22 bilhões em ativos. Ao considerar apenas o valor dos animais gerenciados, a companhia projeta crescimento de receita de cerca de 150% para os próximos três anos a partir da ampliação do portfólio de soluções e da expansão internacional.

O início de uma nova etapa

Realizado anualmente e reconhecido como o start da pecuária brasileira, o Encontro de Confinamento e Recriadores, realizado pela Scot Consultoria, em Ribeirão Preto (SP), não foi escolhido por acaso. Evento será pontapé para lançamento oficial da nova marca e de solução para leitura de cocho.

Na ocasião, com programação de 11 a 14 de abril, será apresentado a Diet Scanner, solução que faz uso da visão computacional para realizar a leitura de cocho de forma automatizada, tornando o processo mais preciso ao tirar a subjetividade do olhar humano na interpretação visual do escore.

A ferramenta foi desenvolvida com objetivo de atuar em uma das rotinas mais sensíveis para o ajuste do trato – com impacto direto na redução de custos da nutrição e na meta de desempenho dos animais.

“É um evento muito importante para o setor, que oferece soluções e é muito respeitado pela cadeia produtiva, principalmente pela pecuária de corte. Nada mais justo que o lançamento da marca e desse novo produto seja realizado nele”, convida o CEO.

Durante a programação do evento, Dias será moderador da palestra ‘Saber e prever: o que fazer no confinamento’, que compõe o bloco de número quatro, no dia 12, das 14hrs às 18hrs.