in

Frigorífico da BRF retoma exportação à China

Por casos de Covid-19, unidade de suínos estava suspensa desde o dia 4 de julho

Por casos de Covid-19, unidade de suínos estava suspensa desde o dia 4 de julho

Após todos os entraves envolvendo a Covid-19 e as preocupação de Pequim acerca da situação, China retoma as importações de carne suína de frigoríficos brasileiro. Planta da BRF, em Lajeado (RS), retornou à lista de clientes oficiais na segunda-feira (30).

De acordo com levantamento realizado pelo portal de notícias Valor Econômico, a planta estava com exportações ao país asiático suspensas desde o dia 4 de julho. “A unidade gaúcha da BRF, que registrou diversos casos de Covid-19 entre funcionários, foi uma das barradas – a planta chegou a ser interditada por decisão judicial, por um breve período”, pontua o informativo.

“Com toda a inspeção das autoridades chinesas, foi possível comprovar o comprometimento que todos nós da BRF sempre tivemos com a saúde e a segurança dos nossos colaboradores e dos nossos produtos”, afirmou, em comunicado, o VP Institucional, Jurídico e de Compliance da BRF, Bruno Ferla.

Até então, a BRF conta com 14 habilitações para exportar para a China (dez de aves, três de suínos e uma de miúdos de suínos) e no mês outubro, os chineses habilitaram uma outra unidade da companhia, essa, em Dourados (MS).

Vale ressaltar que o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) foi informado da decisão, mas o sistema do Serviço de Inspeção Federal (SIF) ainda não foi atualizado.

Fonte: Valor Econômico, adaptado pela equipe feed&food.

Brasil se destaca em ranking mundial

Uso de enzimas na produção será debatida em webinar