Patrocinado
EVENTOS

Conteúdo

Feedlot Summit destaca estratégias para o crescimento da pecuária de corte

Organizado pela Coan Consultoria, evento reuniu mais de 1.300 pessoas em Goiânia
feedfood

João Paulo Monteiro, de Goiânia (GO)
joao@ciasullieditores.com.br

Nos dias 14 e 15 de setembro, Goiânia (GO) foi palco do Feedlot Summit Brazil 2023, evento anual que reúne os principais produtores de gado de corte do País. Organizado pela Coan Consultoria, o encontro propôs uma abordagem prática na busca por soluções para os desafios enfrentados pelo setor pecuário.

A programação técnica e os debates da programação se concentraram nas estratégias que os pecuaristas devem adotar para aumentar a produtividade, com ênfase na importância de compreender o próprio negócio, bem como na avaliação e implementação das tecnologias apresentadas durante o encontro.

Rogério Coan, coordenador do evento e figura de destaque na pecuária de corte nacional, enfatizou a necessidade de os produtores se munirem de informações para traçar planos bem-sucedidos. Ele afirma: “O pecuarista, primeiro, tem que conhecer seu próprio sistema de produção”.

Contudo, a grande parte dos pecuaristas não tem esses dados, lamenta Coan. “Então, o produtor precisa se calçar dessas informações para poder traçar o plano de voo. Sem isso, ele fica sem saber se ele pode montar no avião ou não”.

O Feedlot Summit Brazil 2023 reuniu 1.389 participantes e debateu temas diversos relacionados à cadeia pecuária, como custos de produção, estratégias de mercado e gestão de pessoas, além de ser um local para networking.

A equipe da FeedFood acompanhou o evento e trouxe os principais destaques do mercado apresentados por lá. Faça uma visita em nossas redes sociais, como LinkedIn e Instagram, para acompanhar vídeos e notícias na cobertura desta edição. 

Os principais assuntos debatidos estarão na próxima edição da Revista FeedFood – o acesso é gratuito!

LEIA TAMBÉM:

Empresas destacam tecnologia durante Feedlot Summit 

Inteligência Artificial dá vantagem competitiva ao produtor

Engajamento pode impulsionar rastreabilidade na pecuária