in

Exportações do agro cresceram 25%, em junho

Ao todo, como aponta análise da CNA, setor soma US$ 12,1 bilhões

Robusto, o mercado brasileiro é personagem de destaque quando o assunto é exportação de produtos. Neste cenário, embarques referentes ao mês de junho somaram US$ 12,1 bilhões em junho, como aponta levantamento da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) com base nos dados do Ministério da Economia.

Segundo a análise, o montante de US$ 12,1 bilhões representa alta de 25% na comparação em relação ao mesmo período de 2020 e o “desempenho mensal foi favorecido pela manutenção do movimento de alta nos preços das commodities”.

“O setor respondeu por 43,1% do total exportado pelo Brasil em junho. No primeiro semestre, as vendas externas alcançaram US$ 61,5 bilhões, incremento de 20,8% na comparação com os primeiros seis meses do ano passado”, explica a CNA.

Produtos exportados

Dos produtos mais vendidos para o exterior, o principal foi a soja em grãos, com receita US$ 5,3 bilhões, aumento de 23,4% em relação ao mesmo mês de 2020. Produto teve participação de 43,8% no total dos embarques.

Na mesma análise, a CNA também destaque que em junho, 74,1% dos embarques foram para dez mercados. A China foi o principal, com participação de 38,7% das exportações do agro brasileiro, seguida por União Europeia (15,7%) e Estados Unidos (6,1%). Completam a lista Tailândia (2,7%), Turquia (2,3%), Coreia do Sul (2,1%), México (1,9%), Taiwan (1,7%), Irã (1,6%) e Bangladesh (1,5%).

“Destes países, as maiores variações nas vendas em junho/2021 frente a junho/2020 foram para Taiwan (+131,9%) e México (+117,2%), com destaque para a soja em grãos. No primeiro semestre de 2021, as maiores elevações em relação ao mesmo período do ano passado foram para o Irã (+154,8%), México (+51,0%) e Tailândia (+37,1%), onde as exportações de soja em grãos também se destacaram”, destaca a Confederação.

Fonte: CNA, adaptado pela equipe feed&food.

CONFIRA:

México deve potencializar compra de carne de frango brasileira

Faesp aponta preocupação com juros do Plano Safra

Fique por dentro das principais atualizações do mercado de proteína animal, acompanhe também: www.revistafeedfood.com.br

Ração visa melhorar desempenho de tilápias

Indicador do milho, em São Paulo, se aproxima de R$ 100/SC