Patrocinado
AVICULTURA

Conteúdo

Exportações de carne de frango apresentam alta de 9,08%

feedfood
Foto: reprodução

Ao considerar todos os produtos, entre in natura e processados, Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) constata alta de 9,08% nas exportações de carne de frango nacional. Levantamento, com foco no período de janeiro a novembro, foi publicado nesta terça-feira (07).

De acordo com a ABPA, período somou 4,198 milhões de toneladas. A soma supera em 9,08% as vendas registradas no mesmo período do ano anterior, com 3,849 milhões de toneladas.

“Em receita, as exportações de carne de frango acumulam alta ainda mais expressiva no mesmo período, chegando a 25,3%. Ao todo, foram US$ 6,944 bilhões registrados nos onze primeiros meses de 2021, contra US$ 5,543 bilhões no ano anterior”, destaca a Associação.

Contudo, ao considerar apenas o mês de novembro, levantamento aponta 334,7 mil toneladas de carne de frango embarcadas, número 4,5% menor que o efetuado no mesmo período de 2020, com 350,7 mil toneladas. Em receita dos embarques, mesmo comparativo apresentou crescimento de 26,9%, com US$ 605,3 milhões, ante US$ 476,8 milhões.

“O Brasil se encaminha, de fato, para o recorde histórico nas exportações de carne de frango, muito possivelmente ampliando a distância em volume para os principais concorrentes. Isto reforça o papel do País como importante player em favor da segurança alimentar”, destaca o presidente da ABPA, Ricardo Santin.

Entre os principais destinos das exportações no ano está o Japão, com 403,5 mil toneladas exportadas, 8,8% a mais que o embarcado no mesmo período de 2020, além dos Emirados Árabes Unidos, com 344 mil toneladas (26,4%), África do Sul, com 268,8 mil toneladas (13,3%), União Europeia, com 178,7 mil toneladas (+14%) e Filipinas, com 154,8 mil toneladas (158,7%).

Fonte: ABPA, adaptado pela equipe feed&food.

LEIA TAMBÉM:

IP-APTA inova na produção de ração sustentável

Brasil e Paraguai debatem sobre criação de tilápia em Itaipu

Preço do leite pago ao produtor sofre novo recuo