Pesquisar
Close this search box.
Patrocinado
AVICULTURA

Conteúdo

Emergência sanitária para gripe aviária é prorrogada no RS

MAPA também prorrogou o estado de emergência em todo território nacional por mais 180 dias
feedfood
Foto: reprodução

O estado de emergência em saúde animal para enfrentamento da influenza aviária de alta patogenicidade (IAAP) foi prorrogado até o dia 22 de julho de 2024 no Rio Grande do Sul. Segundo a Secretaria da Agricultura do Estado, a medida visa proteger a avicultura, embora dentro de 41 dias não tenha sido registrado nenhum caso de mortalidade de animais pela doença.

“Com a emergência zoossanitária em vigor, é possível agilizar questões administrativas e jurídicas para aquisição mais rápida de equipamentos e produtos quando necessário ou para acessar recursos disponíveis para o combate à doença, por exemplo”, informou a secretaria em nota.

A emergência zoossanitária foi declarada inicialmente em julho do ano passado, com validade de 180 dias. No Estado, os últimos focos de gripe aviária foram verificados em mamíferos aquáticos, constatando que não existe registro da doença na avicultura comercial, como também nas criações de subsistência.

De acordo com o governo do RS, a medida está alinhada com as orientações do Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA), o qual também prorrogou o estado de emergência em todo território nacional por mais 180 dias.

Foto: reprodução
Emergência sanitária para gripe aviária é prorrogada até julho no RS (Foto: reprodução)

Fonte: Globo Rural, adaptado pela equipe FeedFood.

LEIA TAMBÉM:

Mercado da tilápia conquista recorde em 2023

Setor de genética avícola atinge crescimento de 69,3%

Preço do boi gordo segue próximo de R$250 a arroba