Pesquisar
Close this search box.
Patrocinado
Sem categoria

Conteúdo

Embrapa anuncia participação na VICTAM LatAm 2023 

Entidade apresentará programação exclusiva com foco na indústria de nutrição animal 
feedfood

Como curadora responsável por ação que abordará as oportunidades de negócios nas cadeias de proteína animal e grãos, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) participará da VICTAM LatAm 2023. O evento será realizado entre os dias 03, 04 e 05 de outubro, Expo Center Norte, em São Paulo (SP).  

A empresa reforça o objetivo de estar em permanente diálogo com produtores, organizações científicas e lideranças do Estado e da sociedade civil. A programação da Embrapa será no dia 03 de outubro, a partir das 13h. O foco das discussões será sobre as oportunidades de negócios nas cadeias de proteína e nutrição animal e grãos, com a participação do pesquisador da diretoria de Negócios e Supervisor de Atração de Investimento da Gerência de Parcerias, Vitor Del Alamo Guarda. 

Os outros debates envolvem as oportunidades na cadeia da soja, com o pesquisador Marcelo Alvares de Oliveira, e a cadeia de milho e sorgo, com o pesquisador Marco Aurélio Guerra Pimentel. Também serão avaliadas as oportunidades nas cadeias de proteína e nutrição animal para ruminantes, com a participação de Mariana Magalhães Campos, Sérgio Raposo de Medeiro e Marcos Cláudio Pinheiro Rogério e as oportunidades nas cadeias de proteína e nutrição animal para monogástricos e peixes, com Everton Luis Krabbe Ana Paula Oeda Rodrigues. 

Para o diretor geral da VICTAM Corporation, Sebas van den Ende, contar com a participação de órgãos como a Embrapa nesta que é a primeira edição da VICTAM LatAm é de extrema importância “para que os participantes nacionais e internacionais tenham a oportunidade de compreender em detalhe o potencial das oportunidades do mercado e a relevância da América Latina nesse cenário”. 

Fonte: AI, adaptado pela equipe FeedFood.

LEIA TAMBÉM:

SC reforça controle de javalis para proteger produção

Exportações brasileiras do agro seguem em alta

Avicultores focam em biosseguridade para expandir alcance