in

Em dez meses, desembolso do Crédito rural soma R$ 201 bi

Segundo o MAPA, área de investimento apresentou alta de 46%

A fim de auxiliar produtores, desembolso do crédito rural atingiu R$ 201 bilhões em dez meses. Crescimento foi de 12% em relação a igual período da safra anterior, de julho a abril.

Como pontua o diretor de Crédito e Informação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Wilson Vaz de Araújo, “decorridos dez meses da safra 2020/2021, o valor das contratações de crédito rural continua com desempenho crescente, indicativo de que todo o orçamento programado será executado”.

De acordo com o Balanço de Financiamento Agropecuário da Safra 2020/2021, a novidade é que nesse montante foram contabilizadas as aquisições de CPRs (Cédulas de Produto Rural) e operações com agroindústrias, que somaram R$ 10,84 bilhões entre julho e fevereiro deste ano.

“O destaque desta safra tem sido para o investimento, cuja elevação percentual foi de 46%, comparativamente à safra passada, atingindo R$ 59,56 bilhões. O custeio teve um crescimento de 19% e representou R$ 102,46 bilhões. Pela primeira vez nesta safra, a comercialização aumentou o montante contratado (R$ 18,35 bilhões), e a industrialização atingiu R$ 10,22 bilhões, com crescimento equivalente a 4%”, explica o Ministério.

A Pasta ainda menciona que, do total das operações contratadas no período, as fontes controladas correspondem a 60%. No caso do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e do Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor (Pronamp), essas fontes respondem por quase 100% do valor contratado, o que evidência a prioridade de acesso ao crédito rural oficial aos pequenos e médio produtores.

“Entre as contratações de crédito rural realizadas com recursos controlados (R$ 120,19 bilhões), destaca-se a participação da Poupança Rural Controlada (R$ 45,78 bilhões) e dos Recursos Obrigatórios (R$ 37,95 bilhões), apesar da diminuição em 16% na utilização destes comparativamente à safra passada”, complementa.

Para saber mais, acesse o site oficial do Ministério. Clique aqui.

Fonte: Cepea, adaptado pela equipe feed&food.

LEIA TAMBÉM:

Contínua valorização do milho afeta pecuaristas

Ourofino abre inscrições para programa de estágio

SP realiza Fórum sobre retirada da vacinação contra Febre Aftosa

Consumo de carne de frango ganha destaque na pandemia

Cargill Nutrição Animal lança plataforma Nutron Breeders