in

DSM expande mercado tecnológico com aquisição da Prodap

A iniciativa contribui para o objetivo da DSM, de reduzir a emissão de gases de efeito estufa

DSM Prodap

A agricultura de precisão global teve um crescimento recentemente impulsionado por uma demanda de eficiência, rastreabilidade e bem-estar animal, à medida que as empresas de alimentos tentam atender à necessidade de fornecer proteína animal de qualidade a uma população em expansão. Em linha com isso, a DSM adquiriu a empresa de tecnologia de nutrição animal Prodap. 

“A nutrição de precisão é um caminho fundamental para melhorar a eficiência e a sustentabilidade da pecuária, criando valor para uma série de partes interessadas, incluindo agricultores e a sociedade em geral”, conta o vice-presidente executivo de Nutrição e Saúde Animal da DSM, Ivo Lansbergen. 

A Prodap atua no Mato Grosso e em Minas Gerais, atendendo mais de 5 mil fazendas em todo Brasil. A empresa trabalha com a coleta dados e desenvolvimento de insights em tempo real, que são traduzidos em soluções nutricionais para operações na criação de ruminantes.  

A DSM desenvolverá ainda mais as soluções digitais da Prodap, para alcançar o mercado global e avançar na coleta de dados de várias espécies de animais.  

Emissões pecuárias no topo da agenda 

As estratégias agrícolas aplicadas de forma diligente, podem mitigar as emissões de metano da pecuária para ajudar o setor a limitar sua participação no aquecimento global. 

A aquisição da Prodap contribui para o objetivo da DSM de reduzir significativamente as emissões de gado nas fazendas até 2030. Ela também alavanca a crescente indústria de soluções digitais da pecuária brasileira.  

As soluções de nutrição de precisão da DSM para nutrição e saúde animal incluem o Verax, um sistema integrado de gerenciamento de animais, que aproveita os dados para entender a saúde e a produtividade dos animais de criação.  

E conta também com o Sustell, que é o serviço de sustentabilidade da empresa, que potencializa a sustentabilidade ambiental da produção de proteína animal. 

Fonte: Food Ingredients First, adaptado pela equipe feed&food. 

LEIA TAMBÉM:

MAPA aponta dicas para compra de pescados

Agro brasileiro amplia exportações durante mês de março

13⁰ Simpósio Técnico da ACAV anuncia nova data

plantacao de milho

Uso de milho transgênico resistente a lagartas é aprovado

Selo internacional impulsiona investimentos na pecuária do Paraná