in

De Heus ganha certificação IN 65 em nova unidade

Instrução estabelece critérios de saúde animal e qualidade dos produtos

Instrução estabelece critérios de saúde animal e qualidade dos produtos

A fábrica dedicada de Toledo (PR) da De Heus — referência no mercado nacional como uma planta de alta eficiência e tecnologia na produção de rações para animais jovens, livre de contaminação cruzada, com premixes e produtos destinados a outras categorias — implanta procedimentos para manipulação de medicamentos e conquista a certificação para produzir de acordo com a IN 65.

A Instrução Normativa 65 do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), que está em vigor desde novembro de 2006, passou por adequações por meio da Instrução Normativa 14 em 15 de julho de 2016 e entrará em vigor para os produtores em julho de 2019.

“Em perfeita sintonia com as crescentes demandas do século 21 relacionadas à segurança alimentar, a fábrica está habilitada para produzir rações conforme os preceitos da IN 65 — reforçando ainda mais a confiança dos nossos clientes de que a empresa obedece a todas as exigências do MAPA nessa categoria de produto, e que possui todos os padrões e protocolos necessários para a manipulação de medicamentos veterinários”, explica Rosane De Carli, gerente de Qualidade da De Heus.

“Com um moderno parque industrial e duas fábricas habilitadas pelo MAPA (Rio Claro/SP e Toledo/PR), a De Heus está pronta para atender às necessidades do mercado e de portas abertas para que produtores conheçam suas fábricas e conversem com as equipes das unidades, que estão preparadas para recebê-los e compartilhar conhecimento sobre as melhores práticas”, convida De Carli.

Fonte: A.I., adaptado pela equipe feed&food.

Estudante brasileira ganha bolsa da BI

Cobb-Vantress patrocina seminário no Equador