in

Cresce a exportação de carne bovina para os Emirados Árabes

Volume exportado até julho foi 15% superior ao mesmo período de 2021

bezerro

Os dados relativos aos primeiros sete meses do ano mostram uma crescente nas exportações de carne bovina para os Emirados Árabes. Ao todo, volume foi 15% superior ao registrado no mesmo período do ano passado, resultando em mais de 25 mil toneladas.

Além dos Emirados Árabes, a Jordânia também registrou alta 5% acima do exportado em 2020 no mesmo período. O Kwait aumentou 1.500%, saindo de 50,51 toneladas para 808,99 toneladas de acordo com as informações compiladas pela Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (ABIEC).

Já em relação à receitas, dados do ComexStat afirmam que os Emirados Árabes geraram saldo de US$ 104 milhões, sendo responsável por 2,4% das carnes exportadas do Brasil. A China segue na liderança com US$ 2,5 bilhões (valor FOB), importando 56% das carnes bovinas brasileiras.

EXPORTAÇÕES DE CARNE BOVINA DO BRASIL – em mil toneladas

Fonte: Ministério da Economia / SECEX / ABIEC

Em relação a essa expansão, o gerente de Relações Internacionais da Cdial Halal, Omar Chahine pontua que “O mundo necessita de proteína com qualidade. É importante manter nossa resiliência e continuar com controles sanitários rígidos, buscar e ampliar as oportunidades de negócio”, e complementa: é importante ressaltar que a certificação não é destinada somente aos muçulmanos, mas para qualquer comunidade que queira um produto de qualidade e seguro”.

Fonte: Cdial Halal, adaptado pela equipe feed&food.

LEIA TAMBÉM:

ACCS tem sua primeira mulher presidente

Embrapa lança plataforma on-line com foco na aquicultura

BB disponibiliza R$ 10,5 bilhões para os produtores rurais

confinamento

Seca e geada impactam qualidade dos grãos para ração bovina