in

Cotações do milho seguiram recuando na última semana

Segundo o Cepea, as desvalorizações estão atreladas ao avanço da colheida da segunda safra

reprodução

As cotações do milho seguiram recuando nos mercados interno e externo na última semana, como mostra o levantamento divulgado pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), ESALQ – USP, nesta segunda-feira (25).  

De acordo com o Cepea, na região de Campinas (SP), o Indicador ESALQ/BM&FBovespa voltou para a casa dos R$ 80/saca de 60 kg, fechando a sexta-feira (22) a R$ 80,06/sc, uma queda de 2,9% em relação ao dia 15 e o menor valor nominal desde 30 de dezembro de 2020.  

Segundo pesquisadores do Cepea, as desvalorizações estão atreladas ao avanço da colheita da segunda safra, que tem mantido consumidores retraídos, apostando em maiores desvalorizações. Além disso, a melhora do clima nos Estados Unidos pressionou os vencimentos futuros, o que reduziu os valores nos portos brasileiros.  

Compradores também estão atentos à limitação de armazenagem – relatos já indicam armazéns lotados no Sudeste e produto a céu aberto no Centro-Oeste, cenário que pode reduzir a qualidade do grão. 

Fonte: Cepea, adaptado pela equipe feed&food. 

LEIA TAMBÉM:

MAPA aponta dicas para compra de pescados

Agro brasileiro amplia exportações durante mês de março

13⁰ Simpósio Técnico da ACAV anuncia nova data

Preços da soja caíram no Brasil e nos Estados Unidos

JA Saúde Animal é uma das finalistas do Troféu Agroleite 2022