in

Coordenador fala sobre 33ª Reunião Anual do CBNA

Segundo profissional, nutrição de matrizes suínas vem passando por diversas mudanças

REPRODUÇÃO

De relevância ao abordar diversos temas referentes às cadeias produtivas de carnes brasileiras, 33ª Reunião Anual do CBNA – Aves, Suínos e Bovinos ocorrerá nos dias 10 e 11 de novembro, em formato on-line. Um dos coordenadores da ação, Professor Urbano Ruiz, da Esalq, falou sobre a edição.

Segundo o profissional, tema “Nutrição Pré-Natal e de Animais Jovens” foi escolhido “em discussões entre os membros da diretoria definimos os temas centrais de relevância nas atuais circunstâncias de mercado/produção, dentro de cada uma das áreas (suínos, aves e ruminantes) e depois foram elencados assuntos dentro do tema geral para serem abordados”.

“Na área de suinocultura, foram escolhidos dois temas centrais: 1) Novos conceitos e práticas na nutrição e alimentação de matrizes suínas, e 2) Estratégias para alimentação de leitões com a crescente restrição ao uso de antimicrobianos (antibióticos e atualmente óxido de zinco)”, afirmou.

Para ele, tema é de suma importância pois a “a nutrição/alimentação de matrizes suínas vem passando por diversas mudanças, pelo fato destas fêmeas atualmente serem altamente produtivas (fêmeas hiperprolíficas), por algumas mudanças de conceitos, e por diversas modificações na forma de criação das porcas (alojamento em baias coletivas, novos sistemas de alimentação, etc)”.

“A alimentação de leitões jovens sempre é um tema que demanda discussão e atualizações, em parte por sua complexidade, mas principalmente pelas mudanças que vem sofrendo atualmente. Na União Europeia o uso de antibióticos como “promotores de crescimento” nas rações foi banido há algum tempo e há a iminente proibição do uso de óxido de zinco em doses supra nutricionais, como aditivo antimicrobiano, para os leitões. Nas Américas o uso dos antibióticos tem sido reduzido e, por enquanto, não temos notícia da proibição do óxido de zinco”, explicou.

Contudo, “considerando que o Brasil é grande exportador de carne suína, é muito importante estarmos atentos e alinhados com o que está ocorrendo em escala mundial. As palestras sobre nutrição de leitões abordarão assuntos que se constituem em estratégias para um cenário com o já restrito uso de antibióticos e com a retirada do principal substituto dos antibióticos, o óxido de zinco”.

Entre os principais tópicos abordados durante o encontro, o professor destacou que, sobre alimentação de fêmeas, serão tratados o panorama mundial do manejo e alimentação de fêmeas hiperprolíficas; novos conceitos e métodos de alimentação de porcas reprodutoras; efeitos da alimentação da matriz suína sobre a progênie.

“Nas palestras sobre alimentação de leitões, teremos uma apresentação à respeito das perspectivas com a retirada de óxido de zinco das rações para leitões e as demais abordarão estratégias nutricionais para promover saúde intestinal e bom desempenho em leitões neste contexto de ausência ou reduzido uso de antibióticos e óxido de zinco na alimentação destes animais. Os temas serão os seguintes: redução do teor protéico das rações e utilização de aminoácidos industriais; processamento de ingredientes e dietas; uso de enzimas em dietas para leitões; ingredientes fibrosos na alimentação de leitões; fontes proteicas de alta digestibilidade para leitões”, pontuou.

Por fim, Urbano ainda ressaltou que o “CBNA tem se mantido ativo e atento com as mudanças e tendências na nutrição e alimentação animal e com o contexto que vivemos, de distanciamento social e todas as restrições impostas pela pandemia do Coronavírus”.

“Fizemos modificações em nossos eventos, incluindo atividades remotas, e implantamos algumas outras formas de comunicação sempre com o intuito de levar e compartilhar conhecimento com toda a comunidade, indústria e academia”, finalizou.

Mais informações e inscrições em: https://www.cbnaavessuinosbovinos.com.br 

Fonte: A.I, adaptado pela equipe feed&food.

LEIA TAMBÉM:

Preços dos ovos apresentam recuo em São Paulo

Médico veterinário alerta sobre mastites

Palestra da JINC aborda carne cultivada

Conbrasul Ovos apresenta índice robusto de inscrições

Dr João

10° SBSBL abordará manejo pós desmama