in

Convênio entre ABPA e Apex-Brasil é renovado

Novo convênio entre as entidades vigorará até 2021

Novo convênio entre as entidades vigorará até 2021

O convênio setorial para promoção das exportações avícolas e suinícolas nacional foi renovado na última semana, após a assinatura do acordo entre Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

Entre os objetivos da renovação deste convênio entre as entidades está a realização de ações de promoção de imagem e novos negócios para duas cadeias produtivas que exportam mais de US$ 8,5 bilhões anualmente, além das marcas setoriais Brazilian Chicken, Brazilian Egg, Brazilian Pork e Brazilian Breeders.

No último projeto setorial, as entidades viabilizaram a participação de agroindústrias de diversos portes nas maiores feiras internacionais do setor de alimentos, realizaram ações de fortalecimento da imagem setorial e realizam estudos voltados para a inteligência comercial da avicultura e da suinocultura nacionais. O novo projeto vigorará até 2021.

Além do presidente da ABPA, Francisco Turra e o da Apex-Brasil, Sergio Ricardo Segovia Barbosa, estiveram presidentes, vice-presidentes e membros das agroindústrias associadas, além do diretor-executivo da ABPA, Ricardo Santin, e os representantes da Apex-Brasil, Augusto Pestana (Diretor de Negócios), Odilon Leite (Gerente do Gabinete da Presidência) e Igor Brandão (Gerente de Agronegócios).

Mais informações sobre os projetos setoriais podem ser obtidas nos sites: Brazilian ChickenBrazilian Pork e Brazilian Egg.

Fonte: ABPA, adaptado pela equipe feed&food.

Foco no mercado externo exige inovação

Tereza Cristina marcará presença no Workshop Sindiavipar