in

Contratações do Plano Safra 2021/2022 chegam a R$ 124,5 bi

Ministério pauta que montante é referente, apenas, ao período de julho a outubro

DINHEIRO

Após apenas quatro meses de início, Plano Safra 2021/2022 (julho a outubro) já soma R$ 124,5 bilhões em contratações por produtores rurais, cooperativas e agroindústria, como informa o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

Segundo a Pasta, montante é 39% maior em comparação ao mesmo período da safra anterior, resultado de 843 mil operações (+2%).  Números estão no balanço do crédito rural divulgado, na quinta-feira (4), pela Secretaria de Política Agrícola (SPA) do Ministério.

“Os investimentos avançam em ritmo forte, com contratações superiores a 55% do volume em relação à safra passada. No balanço, o saldo para novas contratações de investimento é de 47% da programação inicial, ou seja, ainda restam R$ 34,3 bilhões distribuídos nos diferentes programas”, afirma o MAPA.

Como também mostra o levantamento, até o final de outubro, os programas com maior comprometimento de recursos foram o Moderfrota (75%), Procap-Agro (61%), Proirriga (55%) e Inovagro (54%). “Não menos intensas foram as contratações em linhas de financiamento de investimentos por meio de fontes não equalizadas, como Fundos Constitucionais, Poupança Rural e outras fontes livres, em que 62% já foram utilizados”, complementa.

“O destaque desse período foi para o Inovagro, que conseguiu reagir em suas contratações, e neste momento, apresenta variação positiva de 12% em relação à safra passada. Os ajustes realizados nas normas deste programa, e também do Moderagro, devem ter contribuído para esse aumento”, finaliza o Ministério.

Fonte: MAPA, adaptado pela equipe feed&food.

LEIA TAMBÉM:

Preços dos ovos apresentam recuo em São Paulo

Médico veterinário alerta sobre mastites

Palestra da JINC aborda carne cultivada

Feira chinesa conta com participação brasileira

PODCAST

Podcast aborda biossegurança no mercado de ovos