in

Comitê IPVS2022 visita Rio de Janeiro para realização de evento

Iniciativa teve como objetivo conferir condições, acomodações e segurança sanitária

Para conferir condições, acomodações e segurança sanitária, Comitê IPVS2022 realiza visita técnica no Rio de Janeiro. International Pig Veterinary Society tem data marcada para ocorrer entre os dias 21 e 24 de junho de 2022, no RioCentro.

Segundo o comitê, o evento, que terá sua primeira edição híbrida, espera receber cerca de 1.500 participantes de todo o mundo e deve gerar uma receita de R$ 12 milhões para a cidade. “Queremos reativar o networking presencial do setor e, para tanto, fizemos uma visita técnica criteriosa a fim de garantir que todos os protocolos de segurança estejam sendo seguidos à risca por todos os espaços que nos receberão”, informa o médico-veterinário e Diretor Comercial e de Comunicação do IPVS2022, Amilton Silva.

Para Amilton, a ida à cidade sede foi importante para reativar todos os contatos, visitar hotéis que estão no entorno do RioCentro e também para conversar com o poder público. “Tivemos uma reunião com o Coordenador de Operações da Subsecretaria de Promoção de Eventos da Prefeitura do Rio de Janeiro, Alex Martins, que nos informou sobre os protocolos sanitários necessários para garantir que os eventos presenciais ocorram da melhor forma”, ressalta. “Esta reunião, somada às nossas visitas, nos deixou ainda mais seguros, pois checamos que os protocolos estão sendo colocados em prática de maneira efetiva e que há controle nos lugares que visitamos, estando tudo organizado, limpo e sanitizado”, acrescenta.

Com este passo, a organização do IPVS2022 conta estar planejando as próximas atividades. “Tivemos plena certeza de que o evento será realizado com segurança aos congressistas que desejarem participar de maneira presencial. A partir de agora vamos trabalhar para aprimorar o formato do evento e garantir que esta edição seja lembrada como um marco no retorno das nossas relações pessoais, bem como palco das inovações e soluções do mercado suinícola internacional”, ressalta Silva.

Fonte: A.I, adaptado pela equipe feed&food.

LEIA TAMBÉM:

Produção feminina de churrasco veio para ficar

Recadastramento de pescadores é iniciado

Ariel Mendes fala sobre participação no COSAG

ACCS

Suinocultura: ACCS apresenta nova diretoria

Safeeds se destaca em segurança alimentar