in

Colheita de soja se intensifica, mas valores recuam

Cenário é de análise realizada pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada

De extrema importância para o mercado agrícola brasileiro, colheita de soja se intensifica, mas valores recuam, como aponta o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP.

De acordo com o Cepea, “o avanço da colheita de soja no Brasil, a melhora do clima na Argentina e a falta de cota para embarcar o grão nos portos nacionais pressionaram os valores internos e também os prêmios de exportação da oleaginosa na semana passada”.  

“No campo, em Mato Grosso, o baixo volume de chuva no início da semeadura de soja e, depois, o excesso das precipitações na colheita elevaram a quantidade de grãos avariados e com excesso de umidade, o que pode resultar em descontos nos valores pagos. No Paraná, produtores consultados pelo Cepea indicam que um pequeno volume dos primeiros grãos colhidos estava avariado, mas isso não deve impactar na produção total do estado. Já no Rio Grande do Sul, o déficit hídrico e o aumento dos casos de pragas e fungos nas lavouras de soja preocupam agricultores. O estado gaúcho é o que mais apresentou focos de ferrugem asiática nesta temporada”, explica o Centro de Estudos.

Fonte: Cepea, adaptado pela equipe feed&food.

confinamento

Confina Brasil aborda sustentabilidade na produção pecuária

Programa S.I.M fomenta a melhoria da saúde intestinal